esporte Abriu o coração

Detido pela polícia, Gabigol desabafa: ''Faltou sensibilidade da minha parte''

Em entrevista ao 'Fantástico', Gabigol desabafa após ser detido pela polícia

CARAS Digital Publicado segunda 15 março, 2021

Em entrevista ao 'Fantástico', Gabigol desabafa após ser detido pela polícia
Detido pela polícia, Gabigol desabafa: ''Faltou sensibilidade da minha parte'' - Reprodução/TV Globo

Após ser detido pela polícia em um cassino clandestino na zona sul de São Paulo, Gabigol conversou com o Fantástico, da TV Globo, na noite de domingo, 14, e desabafou sobre o assunto.

Na entrevista exclusiva, o atacante do Flamengo garantiu que não sabia onde estava indo. "Então, eu fui convidado por amigos, realmente eu não sabia para onde eu estava indo. Quando eu cheguei no local, a gente queria jantar, eu moro em Santos e moro no Rio. Então, quando eu cheguei lá, eu comi com os amigos e quando eu estava indo embora, (a polícia) acabou chegando", afirmou.

Apesar disso, ele afirmou que faltou sensibilidade por conta da situação atual do Brasil. "É, faltou sensibilidade da minha parte, até por ser meu último dia de férias, estava ali com meus amigos, estava feliz no momento de estar ali com eles, um momento que a gente quase não tem. Acho que faltou um pouquinho de sensibilidade, mas sempre usando máscara, sempre com álcool em gel. Realmente, quando eu percebi que tinha um pouquinho mais de gente, eu estava indo embora".

Durante o bate-papo, o atleta negou que tenha se escondido para não ser visto. "Não, se eu tivesse me escondido, eu não sairia como eu saí. Saí de cabeça erguida, como eles pediram, entrei no carro da polícia como eles pediram, fui para delegacia fazer o B.O, quando eles chegaram, pediram para todo mundo ir para o chão, como qualquer pessoa, eu fui para o chão e fiz o que eles mandaram".

No final, ele se desculpou com os fãs e com a torcida do time rubro-negro. "Então eu peço desculpas para torcida do Flamengo, para as pessoas que gostam de mim. Eu creio que eu não sou um cara de aparecer em matérias assim, nem nunca fui um cara de quebrar a pandemia, estive esse tempo todo em casa. Então eu acho que faltou um pouquinho mais de sensibilidade da minha parte, de entender que não era para eu estar ali. Mas como eu falei, eu errei, peço desculpas e segue o jogo", concluiu.

Vale lembrar que o estado de São Paulo está desde o dia 6 de março na fase vermelha da quarentena, a mais restritiva, para tentar conter o avanço da pandemia da Covid-19 e evitar o colapso do sistema de saúde. 

Último acesso: 19 Apr 2021 - 11:30:47 (381558).

Leia também

TV CARAS