Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ab crack: Ter um 'vão' no meio do abdômen é a nova moda fitness, porém é muito perigosa

Modelos como Emily Ratajkowski e Stella Maxwell têm barrigas sequinhas com a característica, mas médicos afirmam ser um risco tentar adotar este tipo de abdômen

Luiza Camargo Publicado em 21/07/2016, às 16h44 - Atualizado às 16h47

Ter um 'vão' no meio do abdômen é a nova moda fitness - Reprodução/ Instagram
Ter um 'vão' no meio do abdômen é a nova moda fitness - Reprodução/ Instagram

A nova moda moda fitness mundo afora é ter o "ab crack", um vão que é criado no meio do abdômen. As modelos Emily Ratajkowski, Stella Maxwell e Hannah Bronfman são as grandes representantes deste estilo de barriga, porém, ele não é fácil de conseguir.

" Originalmente, esse 'vão' depende do formato anatômico do corpo, é algo muito peculiar. Algumas intervenções cirúrgicas podem se aproximar desse ideal estético - como as lipoaspirações associadas à lipoenxertia. De qualquer forma, o  planejamento deve ser cuidadoso para que o resultado não comprometa o perfil natural do paciente”,  comenta o cirurgião plástico Eduardo Sucupira.

Ou seja, o ideal é não tentar desesperadamente conseguir um abdômen deste jeito. Em entrevista à revista norte-americana Health, referência no assunto,  o médico Roshini Rajapksa, professor assistente da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York, diz estar muito preocupado com essa febre do 'ab crack'.

Não são todas as pessoas que conseguem ou podem ter um tanquinho no estilo ab crack. Não importa o quanto elas malhem ou quão pouco elas comam. No geral, as pessoas que conseguem um são profissionais de educação física ou modelos  e blogueiros que são pagos para ter uma aparência irreal“, explica.

Por isso, vá com calma. Leve uma vida saudável, mantenha uma alimentação balanceada e faça exercícios físicos. Mas, como ressaltam os especialistas, não faça nenhum loucura estética para conquistar este tipo de barriga.

"Um dos procedimentos que 'promete' esse resultado é a chamada Lipo4D, ainda muito controversa no meio médico e nem um pouco indicada", revela Sucupira.