Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Luana Piovani prepara a chegada de Liz e Bem

Na reta final da gravidez, ela narra emoções e torcida para que marido acompanhe o parto

CARAS Digital Publicado em 05/08/2015, às 14h16 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Na 34ª semana de gestação, compras para enxoval - Cadu Pilotto
Na 34ª semana de gestação, compras para enxoval - Cadu Pilotto

Um brilho diferente no olhar acentua a beleza de Luana Piovani (38) na reta final da gravidez dos gêmeos Liz e Bem. Apesar de confessar-se cansada, ela não perde seu jeito espirituoso ao definir as 34 semanas de gestação. “Se alguém achar que ter filho é fácil, avisa aí que não é. Estou exausta! A gente fica sem disposição, não consegue dormir bem... Mas, ao mesmo tempo, me sinto imensamente feliz com essa dádiva que Deus mandou”, assegura.

Mesmo com o incômodo natural dessa fase, a mãe também de Dom (3), da união com o surfista de ondas gigantes Pedro Vianna, o Scooby (26), desdobrase para lidar com as novidades. Além da expectativa pela chegada dos bebês, Luana participa dos detalhes da decoração da nova casa, incluindo os quartinhos dos herdeiros, em condomínio da Barra, Rio. A família se mudou após deixar o apartamento no Leblon, onde ela viveu por 20 anos. E ainda tem pique para finalizar o enxoval de Liz e Bem, como na ida à loja de produtos infantis Chicco, no BarraShopping, Rio. “Olha a nova Ferrari dos gêmeos”, divertiu-se ela, sobre o carrinho duplo na cor vermelha escolhido para os filhos.

Você parece ter engordado só mesmo na barriga...
Engordei o mesmo que na gestação do Dom, mas como agora são dois, de alguma maneira acho que fiquei com mais tônus muscular, inchei menos. Também consegui me cuidar mais, fiz caminhada na areia, natação, drenagem.

Qual a previsão de data para o nascimento deles?
Minha médica aposta entre o fim de agosto e o início de setembro. Então, temos ali 15 dias em que tudo pode acontecer. A partir de agora, começo a fazer uma ultra por semana. E quando a oxigenação já não estiver grande, a placenta já não tiver tanto líquido e os batimentos cardíacos começarem a ficar mais lentos, neste momento a gente decide pelo parto. Mas enquanto estiver tudo bem, vamos levando mais adiante. Mas eles estão grandinhos, com peso e tamanho bons para gêmeos.

Sua expectativa é de que eles nasçam por qual tipo de parto?
É bem difícil eu ter parto normal. Dom nasceu de cesárea com 41 semanas. Certamente, não devo aguentar todo esse tempo, então, os gêmeos devem chegar antes. Estou torcendo para que seja na 39ª semana, mas a médica chuta na 37ª. Então, como não sei se vou entrar em trabalho de parto, a probabilidade é de cesárea.

Dom está empolgado com a chegada dos irmãos?
Ele sempre esteve receptivo, falava disso antes de eu engravidar. Veio acompanhando a gravidez e curtindo. É carinhoso com a barriga, pede para ver, beijar. E sabe identificar o que é para o Bem e para a Liz.

E o Pedro, está nervoso?
Ansioso, normal. Ele tem estado em casa com a gente, mas apareceu uma viagem de trabalho entre 5 e 15 de agosto para uma ilha superexclusiva no litoral do Espírito Santo, que ninguém entra, é da Marinha. E como vai um navio para lá a cada três meses, ele pegará carona. É meio próximo ao parto, então, estamos nessa expectativa também, torcendo para que ele esteja aqui e acompanhe tudo. Mas é uma incógnita, quem manda são os bebês.

Como tem sido fazer o enxoval agora para um casalzinho?
A parte da menina é muito boa porque, finalmente, vou colocar em prática os lacinhos e babados como sempre desejei. Vai ser incrível poder enfeitar minha menininha. Mas é uma conta diferente, porque nem tudo precisa ter dois, ao mesmo tempo, muita coisa deve-se ter em grande quantidade. Acho que não exagerei em nada por conta da experiência. E por ter guardado coisas do Dom. Acho que comprei só um terço do que seria um enxoval completo do Bem e um inteiro para a Liz. Fora isso, tivemos que trocar de carro, casa, foram várias mudanças mais simbólicas. É tudo novo ao mesmo tempo agora, mas estou feliz com tantos sonhos realizados.