Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Justiça

Giovanna Ewbank revela planos para indenização de Titi: “Faremos questão”

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso definem destino da indenização após vitória em processo por ofensas à filha, Titi; saiba mais

Clara Andrade

por Clara Andrade

ana.andrade@caras.com.br

Publicado em 08/02/2024, às 14h07

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Giovanna Ewbank celebra vitória em processo envolvendo Titi - Reprodução/Instagram
Giovanna Ewbank celebra vitória em processo envolvendo Titi - Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, 8, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso conquistaram uma vitória na justiça em um processo envolvendo a filha, Titi. A influenciadora digital Day McCarthy foi condenada a pagar uma indenização pelas ofensas racistas que proferiu à menina em 2017. Agora, a família revelou o que pretende fazer com o dinheiro.

De acordo com informações do O Globo, a equipe jurídica que representa a família informou que a mulher deve pagar inicialmente R$ 180 mil. No entanto, a indenização pode ser ainda maior após a correção, ultrapassando os R$ 500 mil. Em seu stories do Instagram, Giovanna contou que todo o valor será revertido em doações, além de celebrar a conquista.

“É preciso acreditar na justiça. E acreditar que as coisas estão mudando e que o racismo será tratado como o que ele é: um crime. Hoje, pelo cumprimento estrito da justiça agradecemos ao Poder Judiciário, em especial ao Juiz da 32 Vara Cível do Rio de Janeiro, Dr. Leonardo Grandmasson, que condenou a racista a pagar uma indenização”, escreveu Gioh.

Por fim, a apresentadora esclareceu o destino do dinheiro: “Indenização esta que faremos questão de doar!”, ela concluiu a publicação sobre a vitória no processo. Vale mencionar que quando decidiram procurar a justiça, os atores deixaram claro que buscavam defesa não apenas pela pequena, mas também por todos que são vítimas de racismo.

Gio Ewbank
Giovanna Ewbank revela planos para indenização de Titi - Reprodução/Instagram

Além disso, a equipe jurídica da família também comentou sobre a indenização: “Embora as ofensas não possam ser desfeitas, eles defenderam que a condenação é uma vitória importante: "Nada apagará as marcas das atrocidades racistas cometidas pela ré, uma vez que os registros dos fatos continuarão disponíveis”, disseram em um comunicado.

“Por outro lado, há o alento de que a condenação em compensar os danos morais sofridos, cujo valor atualizado supera a quantia de meio milhão de reais terá amplo efeito pedagógico na sociedade, de extrema relevância, pois diariamente assistimos à população preta sofrer as consequências do racismo infelizmente ainda arraigado em muitos”, o advogado da família expressou a satisfação com o veredito.

Vale lembrar que além de Titi, que na verdade, se chama Chissomo, Bruno e Gioh também são pais de dos meninos. Juntos, eles têm Bless, que está com oito anos e chegou na família três anos depois da primogênita, e o caçula Zyan, que tem três aninhos.

O que aconteceu com Titi?

Em 2017, a socialite e influenciadora digital Day McCarthy usou seu perfil nas redes sociais para proferir uma série de ofensas racistas relacionadas à pele, cabelo e outros traços da filha de Gio Ewbank e Bruno Gagliasso. Na época, o caso gerou comoção e os pais de Titi, que tinha apenas quatro anos, foram ao Fantástico, na Globo, expor a situação.

"Como eu, com 31 anos, começo a ver questões como essas só agora? Por que eu nunca ajudei? Por que eu não fiz alguma coisa antes? Por que eu deixei passar algumas coisas?'', lamentou Bruno, que relatou as vezes em que a filha foi vítima de comentários maldosos nas redes sociais e revelou a busca por justiça durante uma entrevista ao lado da esposa.