Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / SONHOS

Filha de Marcelo Fromer, do Titãs, relembra infância com o pai e revela sonhos: 'Tudo o que queria ouvir'

Em entrevista à CARAS Brasil, Alice Fromer revelou sonhos em que morte do pai, antigo guitarrista do Titãs, não teria acontecido

Alice Fromer realiza homenagem ao pai na turnê dos Titãs - Reprodução/Instagram
Alice Fromer realiza homenagem ao pai na turnê dos Titãs - Reprodução/Instagram

Alice Fromer (29), filha de Marcelo Fromer (1961-2001), realiza homenagem ao pai com uma participação especial na turnê do Titãs. Em entrevista à CARAS Brasil, ela relembrou infância ao lado do antigo guitarrista da banda e revelou sonhos em que a morte trágica não teria acontecido: "Tudo o que queria ouvir".

"Já sonhei muito com ele. Na turnê, comecei a sonhar mais. Um dos sonhos mais recorrentes que tenho é o de que ele não morreu. Ligo a TV um dia e ele está lá dizendo: 'Meu, não sei como vocês acreditaram nessa palhaçada. É óbvio que eu não morri'. E era tudo o que eu queria ouvir, tudo que alguém quer ouvir. O sonho tem várias facetas, mas o mote é esse", compartilhou Alice Fromer, que tinha sete anos quando o pai morreu após ser atropelado por uma moto.

Com várias memórias da infância ao lado do pai, a filha de Marcelo Fromer explicou que convivia muito com o guitarrista: "Quando meu irmão nasceu - ele é dois anos mais novo que eu - acabei ficando muito com o meu pai para minha mãe poder cuidar dele. Meu pai era um cara que realmente gostava de criança, ele não fazia só as coisas necessárias. Ele inventava programações e gostava de fazer brincadeiras. Lembro dele contando histórias, ele não gostava muito de ler, mas sim de criar. Eu falava para ele: 'Pai, conta dez histórias de bruxa', 'conta 20 histórias de tubarão'. E ele contava".

Leia também: Jayme Periard reflete sobre solidão e fé em peça que celebra 40 anos de carreira: 'Momento de reencontro'

"Outra coisa que me lembro com ele é de estar em restaurantes e 'rolês' gastronômicos. Ele entendia muito de culinária e queria que os filhos também tivessem essa curiosidade de experimentar coisas novas e conhecer comidas exóticas. Para a minha idade, eu comia coisas que ninguém comia, como javali. Ele achava isso o máximo, eu tinha o paladar meio adulto. Lembro muito da gente fazendo essas experiências doidas, como sentir o cheiro dos vinhos - qual era mais seco e mais frutado", acrescentou Alice Fromer.

Pedagoga, a filha de Marcelo Fromer ainda refletiu sobre a influência do pai na maneira como lida com crianças e no seu gosto pela escrita: "Depois de tantos anos, a gente vai descobrindo coisas que inconscientemente foram ficando e se desenvolvendo". "Naturalmente, é um momento de muitas reflexões. Estar na turnê com os Titãs vai aflorando muita coisa e atiçando a criatividade", completou Alice Fromer, que entregou que, para além de textos e poemas, tem escrito letras de músicas durante a nova fase ao lado da banda.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!