Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / DE LUTO

Ex-jogadora Virna recebeu carta de despedida de Walewska: "Não conseguiu pedir ajuda"

Virna Dias revelou a existência de outras cartas escritas por Walewska se despedindo de amigos e familiares

por Surenã Dias

sdias_colab@caras.com.br

Publicado em 21/11/2023, às 20h16

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Virna Dias se emocionou ao falar sobre Walewska e casamento conturbado com Ricardo Mendes - Foto: Reprodução / Instagram
Virna Dias se emocionou ao falar sobre Walewska e casamento conturbado com Ricardo Mendes - Foto: Reprodução / Instagram

Ex-jogadora de vôlei Virna Dias (52) revelou que a morte de Walewska Oliveira (1979 - 2023) ainda é algo que ela está superando. Ela revelou que antes de morrer, a amiga deixou quatro cartas de despedida contando detalhes de seu casamento conturbado com Ricardo Mendes. "Não conseguiu pedir ajuda", disse.

"Ainda as pessoas não sabem, mas ela deixou quatro cartas: uma para o pai e para a mãe, uma para o irmão, para o melhor amigo dela, o Gustavo, e uma carta para eu e o Bernardinho. Foi muito duro. É triste, a Wal tirou a vida por causa do marido", desabafou ela em entrevista ao site Sportbuzz.

Walewska morreu no dia 21 de setembro, em São Paulo. Seu corpo foi encontrado no prédio que ela morava e, após perícia, foi constatado que ela cometeu suicídio. Segundo amigos, acredita-se que o relacionamento problemático com o marido foi a justificativa. 

"Ela viveu uma relação meio opressiva e não conseguiu pedir ajuda. A partir do momento que o marido pediu a separação para ela, descobriu-se que ele tinha um filho fora do casamento e ela pirou, porque ela estava esperando ser mãe há muito tempo", revelou Virna. 

Leia também: Irmão de Walewska diz que pagou todo o funeral: ''Marido não arcou com nada''

Ainda muito abalada pela perda, a ex-atleta comentou sobre o jeito forte da amiga. "As pessoas precisam aprender a pedir ajuda. Eu acho que o esporte deu tanta resiliência, tanta resistência, que ela não conseguiu pedir ajuda, porque achava que iria superar", analisa.

Ela conta que nunca suspeitou que Walewska vivia um relacionamento abusivo com Ricardo, já que eles sempre demonstravam ser um casal muito apaixonado. "Na frente das amigas ele atuava: 'minha mulher, minha paixão'. E depois vamos saber, através das cartas, dos bastidores, que, não era verdade, ela vivia em uma relação preocupante", disse ela, que finaliza: "O voleibol até hoje está de luto"