Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Relacionamento

Angélica abre o jogo sobre intimidade com Luciano Huck

Angélica estará no Programa da Eliana deste domingo, 4, e abrirá detalhes sobre intimidade com Luciano Huck. "Está muito melhor que no passado"

Angélica e Eliana - Divulgação/SBT
Angélica e Eliana - Divulgação/SBT

Durante o programa da Eliana neste domingo, 4, um encontro muito esperado pelos fãs vai acontecer na telinha do SBT. Diretamente do Rio de Janeiro, a apresentadora e Angélica estarão juntas em uma entrevista que promete ser cheia de revelações. A esposa de Luciano Huck irá abrir a intimidade, contar momentos familiares, esclarecer polêmicas e muito mais!

Angélica nasceu em Santo André e cresceu em São Bernardo do Campo, ambas regiões metropolitanas de São Paulo. Sua carreira teve início ainda na infância, no programa do Chacrinha, e hoje ela se tornou uma das figuras mais queridas da TV.

Atriz, cantora e apresentadora, são mais de 35 anos dedicados a sua carreira. Em novembro do ano passado, a loira completou 50 anos anos de idade e tem muito para celebrar e compartilhar com o público.

Eliana e Angélica
Eliana entrevista a amiga Angélica. Foto: Divulgação/SBT

Além dos anos de vida, neste ano, Angélica completa 20 anos de casamento com o apresentador Luciano Huck. A estrela é mãe de Joaquim, Benício e Eva. Ela conta durante o programa que adora passar o tempo com a família e afirma que a maternidade é sua prioridade de vida.

Quando o assunto é sua intimidade com o marido, Angélica não tem vergonha de falar que o clima do casal na hora H é ainda melhor nesta fase atual: “Amor, está muito melhor que no passado, a gente vai ficando melhor, a gente vai se conhecendo mais, intimidade é uma coisa fundamental”, afirmou a dona da canção Vou de Táxi.

Abusos e saúde mental

Apesar do clima descontraído, Angélica e Eliana também entrarão em assuntos mais delicados. A loira decidiu expor recentemente os abusos que sofria no início de sua carreira e alega que expressar a opinião em um lugar que as pessoas podem ouvir, ajuda a levantar boas reflexões.

“A coisa mais difícil de revelar foi sobre o abuso. Outro fato é sobre o acidente do avião. Vai mudando a forma como você lida com aquilo, mas sempre é difícil falar”, afirmou.

Quando questionada pela amiga sobre dar uma pausa e relaxar, Angélica ressalta a importância de debater sobre saúde mental: “Para mim é vital estar sozinha, ficar quietinha. Eu amo festa, eu adoro gente, mas eu preciso recarregar depois de um tempo, não é com filho e marido, sozinha mesmo [...]. Isso tem uns cinco ou seis anos. Eu costumo falar que a vida começou a me parar, eu comecei a passar mal fazendo algumas coisas, ter síndrome do pânico, [...] então, eu vi que estava acontecendo alguma coisa errada. Eu comecei a buscar uma forma de me curar e virou uma bandeira, um propósito de vida, que é falar sobre essa pandemia que a gente vive de saúde mental. E não é por conta da pandemia da COVID que a gente viveu, isso já vinha acontecendo e claro, a pandemia da COVID acelerou, mas é um assunto muito sério que eu vivi na pele. Isso é um assunto que eu gosto de falar”, compartilhou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!