Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

20 anos sem Cazuza! Veja homenagens!

Nesta quarta-feira, 7, completam-se 20 anos que Cazuza morreu e a Sociedade Viva Cazuza, fundada por sua mãe, Lucinha Araújo, também completa duas décadas de sucesso, recebendo ajuda até pelo Twitter

Redação Publicado em 05/07/2010, às 14h33 - Atualizado em 07/07/2010, às 15h19

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cazuza em foto para a capa do CD Ideologia (1988) - Site oficial Cazuza
Cazuza em foto para a capa do CD Ideologia (1988) - Site oficial Cazuza
Nesta quarta-feira, 7, faz 20 anos que o maior cantor da MPB e rock nacional, Cazuza, faleceu. Ele era portador do vírus da Aids. A ONG criada pela mãe do cantor, Lucinha Araújo, a Sociedade Viva Cazuza, também completará 2 décadas, no mês de outubro, e tem recebido a ajuda de muitos voluntários, inclusive via internet. No site da ONG, explica-se que através da página da instituição no Twitter eles já conseguiram nutricionista, tradutor para o site e estão à espera de um freezer, que já foi prometido. Lucinha criou essa fundação com o objetivo de dar assistência a crianças e adolescentes carentes portadoras do vírus da Aids e também apoiar pacientes em tratamento em hospitais públicos do Rio de Janeiro. Para homenagear Cazuza, a ONG postou no um vídeo com a sepultura do cantor, superemocionante. Programas de televisão também prestam homenagens ao ídolo, como a MTV, que exibe hoje o Especial MTV - 20 Anos sem Cazuza. No documentário, a personalidade, a obra e o legado do Cazuza são celebrados por músicos de várias gerações, como Marcelo D2, MV Bill, Ângela Ro Ro, entre outros. O Programa do Gugu do último domingo, 4, também foi especial e emocionante. O apresentador Augusto Liberato foi até a casa de Lucinha, em Angra dos Reis, onde Cazuza morou, e conversou com ela. "O legado de Cazuza foi mais do que as músicas dele. Foi a coragem. A coragem de assumir e falar sobre sua doença em uma época que havia muito preconceito", disse Lucinha na entrevista. Além disso, o especial exibiu trechos do filme Cazuza - O Filme e de videoclipes de Cazuza. Lucinha, que já gravou alguns discos como cantora, deu uma palinha, cantando a música Codinome Beija-Flor, grande sucesso do filho. O Portal CARAS também presta sua homenagem ao poeta Cazuza. Veja fotos da carreira do cantor.