Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Espetáculo À Beira do Abismo me Cresceram Asas, de Maitê Proença, vira livro

Maitê recebeu elogios do dançarino e coreógrafo Carlinhos De Jesus enquanto distribuía autógrafos no lançamento do livro, mesmo dia de retorno da peça em teatro carioca

CARAS Publicado em 28/03/2014, às 16h01 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Maitê Proença e Carlinhos de Jesus - -
Maitê Proença e Carlinhos de Jesus - -

Autora de À Beira do Abismo me Cresceram Asas, na qual também atua e dirige, Maitê Proença (56) reestreou a peça em teatro carioca, na Barra da Tijuca, depois de percorrer diversas casas de espetáculo na cidade e de temporada em São Paulo. O aclamado texto, uma adaptação de histórias colhidas em asilos por Fernando Duarte, virou livro, lançado na ocasião. Ao autografar um exemplar para Carlinhos de Jesus (61), a atriz recebeu elogios do dançarino e coreógrafo para sua quarta incursão na literatura. Maitê contou então que, quando escreve, sua maior fonte de inspiração é o comportamento humano. “As pessoas, na intimidade, são todas complexas e interessantes. Se cavar, dali saem maravilhas. A literatura e a dramaturgia permitem acessar regiões escondidas e universais com as quais podemos todos nos identificar”, revelou a atriz.