Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Entrevista

Reynaldo Gianecchini diz que já levou ‘tocos' e revela motivos

Reynaldo Gianecchini abre o jogo sobre como fica ao terminar um relacionamento e conta que já levou 'tocos'

Revista CARAS Publicado em 07/09/2023, às 16h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Reynaldo Gianecchini em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: MARSOVI
Reynaldo Gianecchini em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: MARSOVI

O ator Reynaldo Gianecchini é o entrevistado da capa da Revista CARAS nesta semana e revelou detalhes sobre sua vida amorosa. Em um trecho da conversa, ele contou que já levou 'tocos' ao tentar novos romances, mas confessou que não se apaixona fácil. 

Para começar, ele contou que tem uma questão com o sentimento de abandono e não gosta de quem não aparece nos compromissos. "Eu nunca tinha entendido que tenho uma questão séria com o abandono. Quer me deixar maluco? É marcar comigo e não aparecer. Eu me sinto a pessoa mais rejeitada e abandonada do mundo. Para mim, é falta de empatia combinar algo e não cumprir. Você perde todos os pontos comigo", afirmou ele, e completou: "Aí, nem quero ser amigo, sou meio radical, mas é porque mexeu na minha ferida. Uma ferida que nem eu sabia que tinha"

Por causa disso, ele sentiu qeu sempre fica arrasado quando termina relacionamentos. "Não tive muitos relacionamentos na vida, mas já aconteceu de terminarem e eu ficar arrasado. Só fui entender a questão do abandono porque terminaram comigo, fiquei arrasado e não conseguia lidar. E o que é a rejeição? Um não da vida! Então, já fui rejeitado e digo mais: já levei muitos ‘tocos’", afirmou. 

Com isso, Gianecchini refletiu sobre os motivos que afastam seus possíveis contatos amorosos.  "Acontece mais isso [tocos] do que o contrário! Porque eu venho com um pacote todo, as pessoas que se aproximam de mim, primeiro, lidam com a imagem que tenho e, depois, quebram essa imagem para
entender quem eu sou. Mas eu sou pé no chão, sou lá de Birigui, cresci na roça, sou de natureza simples, apesar de a vida ter sofisticado algumas coisas, sou de lá, minha essência está lá, pé na terra. E quem se aproxima não entende isso, para as pessoas é o galã da TV. Aí, ela chega primeiro e com o medo de não dar conta de enfrentar esse cara, ou chega com deslumbramento ou fazendo joguinhos. Os amigos falam: ‘você pega quem você quiser’. E digo: ‘tenho que fazer um exercício para conseguir flertar com alguém, porque não é simples’. Por isso, marcam comigo e não aparecerem, não aguentam", confidenciou. 

Por fim, o ator contou que não é uma pessoa que se apaixona com facilidade. "Primeiro, se formos justificar pela astrologia, eu tenho a Lua em Capricórnio e Capricórnio é o quê? Aquele que checa tudo, que tem o lado racional, é prático. Então, não vou me apaixonar em cada esquina, sou muito racional. Sou muito aberto, sou do afeto, mas vai até a página dois. Para passar dessa página, tenho que entender que existe confiança, uma coisa gostosa entre os dois, que você tem caráter, que o intelecto bate, o jeito de viver tem que ser compatível. Agora, paixonites eu gosto! E gosto de buscar o que a pessoa tem de legal", declarou. Quer ler a entrevista completa com Reynaldo Gianecchini? Confira aqui!

FOTOS: MARSOVI; FILMAKER: DIEGO CORDEIRO; BELEZA: LUIS CARVALHO; ASSESSORIA/MANAGER:TATI ZEITUNLIAN; PRODUÇÃO EXECUTIVA: TZ PRODUÇES/ TATI ZEITUNLIAN / NELSON MARTINEZ

Confira a capa da revista CARAS com Reynaldo Gianecchini:

View this post on Instagram

A post shared by CARAS (@carasbrasil)