Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / CASAMENTO

Renato Aragão revela superação e se declara para esposa: "Nasceu para cuidar de mim"

Em entrevista à revista CARAS, Renato Aragão e Lilian Aragão falaram como venceram preconceito para manter relacionamento duradouro

Renato Aragão e Lilian Aragão são casados há 33 anos - FOTOS: CADU PILOTTO
Renato Aragão e Lilian Aragão são casados há 33 anos - FOTOS: CADU PILOTTO

O comediante Renato Aragão (88) garante que em pouco mais de 30 anos de casamento com Lilian Aragão (55), o carinho e a cumplicidade só cresceram com o passar do tempo. Em entrevista à Revista CARAS, o casal abriu o coração e falou um pouco sobre a família que construíram. 

Segundo a empresária, os dois passaram por momentos difíceis até o relacionamento se estabelecer. Por conta da diferença de idade, muitas pessoas achavam que ela estaria se aproveitando do artista e que estava interessada no dinheiro. 

“Nós passamos por um pouco de preconceito na época. Todo mundo falava ‘são 30 anos de diferença, 30 cm de altura. O que essa mulher nova quer com um cara mais velho desse?'. Mas não dava para explicar para as pessoas o amor que a gente sentia”, disparou. 

Mas em meio às dúvidas de diversas pessoas, o amor superou as barreiras e os dois seguem firmes. Durante o bate-papo, eles fizeram questão de reforçar todo o carinho que sentem um pelo outro. “Você casa comigo?”, pergunta a empresária. “Todo dia! Ela nasceu para cuidar de mim”, declara o ator. “E você para cuidar de mim, né? Nós temos um combinado que em todas as vidas nós estaremos juntos”, brinca a mãe de Lívian (24).

Leia também: Esposa de Renato Aragão se pronuncia após boatos envolvendo a marca 'Didi'

Vivendo longe dos holofotes, Renato já tem data marcada para seu retorno à mídia. Em janeiro de 2024, ele estreará nos cinemas brasileiros com o filme Príncipe Lu e a Lenda do Dragão, ao lado de Luccas Neto (31). Além disso, ele também tem trabalhado em mais dois longas.

“Desde que eu me entendo por gente, gosto de trabalhar. Já fiz 50 filmes, não posso parar. Aprendi muito comigo mesmo, porque fiz curso de advogado, sou formado, mas eu venho do palhaço, sou palhaço, não sou advogado”, diz ele, que será homenageado com um musical que contará sua história.