Revista Radiante

Feliz versão: Amanda Françozo mãe

quarta 13 novembro, 2019
Primeira filha de Amanda, a fofa Vitória arranca suspiros da mãe coruja
Primeira filha de Amanda, a fofa Vitória arranca suspiros da mãe coruja Bruna Ribeiro e Thalita Castanha


Aos 40, ela apresenta e se derrete pela encantadora herdeira, Vitória

Há dois meses dividindo sua vida e rotina com a pequena Vitória, Amanda Françozo (40) está encantada ao se ver em uma nova versão, como mãe. “O primeiro mês é desafiador, não só pelas mudanças hormonais, mas também pela mudança de vida. Dá medo de errar, mas eu sempre soube que seria uma boa mãe. Por isso demorei para engravidar”, conta a apresentadora e jornalista, que descobriu a gestação aos 39 anos, quando ela e o namorado, o empresário Gregor Ferreira (46), ainda nem planejavam aumentar a família. “Não estava decidida sobre ter ou não um filho naquele momento. Pensava em congelar os óvulos e por isso precisei parar o remédio. Descobri que estava grávida em meio a cobertura de réveillon, em Salvador. Foi realmente uma festa”, relembra a apresentadora.

Diferentemente da maioria das mães, seus primeiros dias com a bebê em casa não foram nada assustadores. “Tive muita sorte e fui muito abençoada. Não senti dor, receios ou dificuldades, inclusive, no primeiro dia eu mesma dei banho e troquei. Fico feliz em me ver assim, está sendo maravilhoso”, garante Amanda, sem esconder que tem mimado a herdeira de todos os jeitos possíveis. “Ser mãe de menina é como brincar de boneca. Coloco laço, fita, sapatinho combinando com a roupa... Minha vontade é trocar a roupa dela o dia todo”, diz, aos risos. “Confesso que sou perua e tenho certeza que Vitória será vaidosa também, assim como eu e o Gregor somos”, emenda.

Apesar da distância do namorado — ela mora na capital paulista, ele em Araraquara, cidade localizada no interior do Estado de SP —, a apresentadora tem recebido o apoio do eleito. “No começo, Gregor ficou comigo uns 20 dias direto. Agora, revezamos os finais de semana, algumas vezes ele vem; outras, eu vou. Ele está se saindo um ótimo pai, é muito carinhoso e presente, assim como eu sabia que seria”, explica ela que, por enquanto, não pensa em oficializar a união. “Nosso foco agora é ela, independente de estarmos na mesma casa ou não. O resto pode esperar.”

Além de Gregor, Amanda ainda conta com o auxílio de uma babá e, principalmente, da mãe, Regina Guaratti (60). “Ela tem sido meu grande alicerce e minha base neste momento. Eu sou filha única e a Vitória é sua primeira neta. Minha mãe está brincando de boneca junto comigo”, declara, encantada.

De volta às gravações do reality Revelações Sertanejo, na TV Aparecida, Amanda também não teve desafios para voltar ao trabalho. “Tenho voltado aos poucos para gravar episódios inéditos, a final do reality será só em dezembro. Tenho vivido um período maravilhoso porque posso levar minha filha e as emissoras nos recebem com muito carinho e entendem caso precise de um intervalo com ela”, conta a bela, que ainda comanda alguns especiais da Rede Brasil e já precisou dividir os holofotes com a fofa Vitória. “Por onde vai, ela encanta e todo mundo fica apaixonado. Ela é boazinha e não dá trabalho, ainda está na fase que dorme bastante. É emocionante tê-la comigo neste momento”, avalia Amanda. “E, se, com apenas dois meses, já fez de tudo comigo, aposto que ela terá uma vida intensa. Não sei se vai seguir meus passos, mas desinibida, com certeza, ela será”, conta, aos risos.

por Mariana Silva
Atualizado quarta 13 novembro, 2019 (334893)

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS