Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Entrevista

Antonia Mayrink Veiga Frering abraça desafios da vida

Após vencer duas batalhas contra o câncer, Antonia Mayrink Veiga Frering se reinventa e fala de suas memórias em meio à alta sociedade

Revista CARAS Publicado em 19/09/2023, às 09h47

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Antonia Mayrink Veiga Frering - Foto: Revista CARAS
Antonia Mayrink Veiga Frering - Foto: Revista CARAS

Alguns nomes, por si só, carregam uma atmosfera de sofisticação e glamour. É o caso de Antonia Mayrink Veiga Frering (58). Filha de Carmen Mayrink Veiga (1927-2017), considerada a mulher mais elegante do Brasil, ela herdou a alma fashionista da mãe e construiu sua história — marcada por lutas, desafios e superações — com olhar para além do universo em que cresceu, o da alto sociedade, o qual, para ela, entrou em declínio. “O mundo mudou, mas sinto falta é da elegância. E quando falo de elegância, não falo de roupa, falo de comportamento. Elegância está na alma. Sinto falta de as pessoas dizerem obrigada, serem pontuais em seus compromissos, te darem um sorriso”, diz ela, cuja semelhança física com a mãe impressiona. “Às vezes, acordo e, ao me olhar no espelho, falo: ‘oi, mamãe!’. Mas nós sempre tivemos temperamentos e gostos diferentes”, compara.

Formada em Letras, Antonia abraçou a carreira de atriz e, hoje, também é sinônimo de sucesso nas
redes sociais, em que fala sobre etiqueta, comportamento, maturidade e empoderamento. “Estou me preparando para fazer palestras. Novas etapas vêm por aí. Sei disso, pois estou sempre inventando novos caminhos e abrindo novas portas na minha vida”, avisa ela, cujo otimismo e confiança foram fundamentais em suas vitórias contra um câncer de mama, em 2012, e um câncer no útero, em 2020. “Sou uma mulher de fé e garra. Hoje, posso dizer que estou mais forte. Mas é uma força interna, uma construção diária que é preciso ser feita. Eu acredito que quando a gente passa por uma situação como essa, não vai ser no dia seguinte que você já estará ótima. É uma batalha travada diariamente para você se fortalecer”, resume ela, cujo grande sonho é envelhecer com saúde. 

Antonia Mayrink Veiga Frering