Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Uso do Tinder e Grindr por funcionários da realeza preocupa seguranças da Rainha Elizabeth II

Aplicativos de relacionamento teriam aumentado o número de visitas íntimas aos funcionários da Família Real britânica, sendo que muitos dos visitantes são desconhecidos

CARAS Digital Publicado em 07/10/2014, às 10h50 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rainha Elizabeth II - Getty Images
Rainha Elizabeth II - Getty Images

A segurança da Rainha Elizabeth II notou que o número de visitas íntimas aos funcionários da família real aumentou nos últimos tempos e percebeu que muitos membros da equipe estão recebendo visitas de desconhecidos que encontraram no Tinder ou no Grindr (ambos são aplicativos de relacionamento, sendo o último mais focado no público gay). De acordo com o DailyMail, isto tem deixado os guardas da realeza "profundamente preocupados". 

"Há preocupações de segurança reais e sérias no Palácio de Buckingham sobre membros usando aplicativos de namoro que podem ser bastante desprezíveis. A polícia do palácio está particularmente descontente com o número de convidados de funcionários que ficam durante a noite", diz a publicação. Aos funcionários da Família Real é permitido receber visitas agendadas no Palácio de St. James e no Royal Mews, no Palácio de Buckingham. 

Em tempo, a preocupação com visitas aos funcionários não vem de hoje, apenas aumentou. "Historicamente, este tem sido sempre um problema", disse um membro da segurança real. "Isto transforma a segurança real e toda estrutura em uma piada", falou.