Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Juca de Oliveira se torna imortal pela Academia Paulista de Letras

Com mais de 50 peças no currículo, Juca ocupa agora a cadeira número 8

CARAS Publicado em 05/12/2013, às 16h34 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Juca ganha o carinho da filha, Isabella, e da mulher, Maria Luisa. - Di Bonetti
Juca ganha o carinho da filha, Isabella, e da mulher, Maria Luisa. - Di Bonetti

Ele começou a trabalhar aos 12 anos. Filho de uma costureira e um taxista, Juca de Oliveira já foi padeiro, marceneiro e até sapateiro. Mas foi nos palcos onde se encontrou e brilha até hoje. Aos 78 anos e mais de 50 peças no currículo, Juca virou imortal ao ocupar a cadeira número 8 na Academia Paulista de Letras. “Quando tranquei a faculdade de Direito para estudar Arte Dramática meu pai quase morreu de desgosto. Agora celebramos as pazes. O filho fazer parte da APL? É a glória com a qual ele não ousaria sequer sonhar”, discursou Juca, em SP. Aplaudido pela filha, Isabella (37), pela amada, Maria Luisa de Faro Santos, e por Jô Soares (75), o celebrado ator e dramaturgo foi festejado ainda por colegas imortais, como o secretáriogeral da APL, José Renato Nalini (67), e a escritora Lygia Fagundes Telles (90).