Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Entre hollywoodianos, brasileiros brilham na 64ª edição do Berlinale

Cinema brasileiro também deixou sua marca na competição com Praia do Futuro, de Karim Aïnouz

CARAS Publicado em 20/02/2014, às 20h35 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Berlinale - Stefanie Loos, Thomas Peter E Tobias Schwarz/Reuters
Berlinale - Stefanie Loos, Thomas Peter E Tobias Schwarz/Reuters

Após 11 dias de programação intensa, a 64ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim se despediu com surpresas entre os laureados e a promessa de que 2014 terá grandes estreias. A China ganhou destaque com Black Coal, Thin Ice, de Diao Yinan (44), que arrebatou o troféu principal, o Urso de Ouro de Melhor Filme, e também o Urso de Prata de Melhor Ator para Liao Fan (40). Já a compatriota Haru Kuroki (23) recebeu o Urso de Prata de Melhor Atriz por The Little House. O norte-americano Richard Linklater (53) levou o Urso de Prata de Melhor Direção por Boyhood. O Brasil também fez bonito e levou dois prêmios com Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro (31): o de Melhor Filme na seção Panorama pela Fipresci – Federação da Crítica Internacional, e o Teddy — para longas com temática homossexual. “Estamos felizes. Foi uma surpresa boa ser escolhido entre 50 filmes”, festejou o diretor, ladeado pelos atores Ghilherme Lobo (16), Fabio Audi (23) e Tess Amorim (20). A produção sobre a paixão de um adolescente cego por um colega estreia em breve no País.

O cinema brasileiro também deixou sua marca na competição com Praia do Futuro, de Karim Aïnouz (48), sobre casal gay vivido por Wagner Moura (37) e o alemão Clemens Schick (42) e com Jesuita Barbosa (22) no elenco, em cartaz a partir de 1º de maio. “A relação homossexual é um componente, não é o tema principal”, afirmou Wagner, que morou em Berlim durante as filmagens. “É uma das minhas cidades preferidas, viver aqui fez a diferença”, disse ele, que celebrou em 2008 o Urso de Ouro de Melhor Filme para Tropa de Elite, de José Padilha (46). O red carpet também foi atração na Berlinale. Sempre elegante, Andie MacDowell (55) circulou com a filha Sarah Margaret Qualley (18) e arrebatou suspiros com um vestido de seda verde. Estrelas do longa Aloft, a francesa Mélanie Laurent (30), com look nude, e a nova-iorquina Jennifer Connelly (43), de preto e branco, dividiram os holofotes com a cineasta, a peruana Claudia Llosa (37), poderosa de vermelho. Prata da casa, Diane Kruger (37) escolheu modelito curto para divulgar The Better Angels e agradou. Catherine Deneuve (70) conquistou os fashionistas ao lançar seu filme Dans La Cour. Já Patricia Arquette (45) fez uma arriscada combinação de longo de cetim colado ao corpo, meia arrastão e blazer curtinho xadrez.