Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Saudade

Viúva de Domingos Montagner relembra o dia da morte dele

Viúva de Domingos Montagner, Luciana Lima conta como recebeu a notícia da morte do ator, que faleceu em um rio aos 54 anos

CARAS Digital Publicado em 12/07/2022, às 15h22

Domingos Montagner - Foto: Globo / Caiuá Franco
Domingos Montagner - Foto: Globo / Caiuá Franco

Viúva do ator Domingos Montagner (1962 - 2016), a produtora cultural Luciana Lima relembrou como foi receber a notícia da morte do marido. O artista faleceu após ir nadar em um rio no intervalo das gravações da novela Velho Chico, da Globo, no nordeste. Ele foi arrastado pela correnteza e o corpo dele foi encontrado horas depois. Agora, seis anos após a tragédia, Luciana contou ao site UOL como recebeu a notícia da morte dele e como está a família hoje em dia.

Luciana e Domingos tiveram três filhos juntos: Leo, Antonio e Dante. No dia da tragédia, ela contou que levou as crianças para a escola e voltou para casa, quando recebeu a ligação do Mário Canivello, assessor de imprensa do ator. “Quando escutei o 'alô' do Mário, meu corpo inteiro gelou. 'Você tem acesso ao Instagram?', 'Tenho, mas o que está acontecendo?'. Ele me explicou que o Domingos tinha ido tomar banho no rio e desapareceu”, disse ela, que foi buscar as crianças na escola.

Por volta das 18h30, Luciana recebeu a notícia da morte do marido. “Atendi o telefone, era a Mônica [Albuquerque, produtora da Globo]. A casa estava lotada de pessoas – amigos do circo, vizinhos mais próximos, um auê. No que ela falou: 'Lu', eu senti: 'Você não tem uma boa notícia para mim, né?'. E ela disse que não. Ouvi muito serenamente, agradeci, desliguei o telefone e chorei muito”, disse ela.

Então, ela precisou dar a notícia para os três filhos. “Os meninos pequenos estavam na sala. Levei-os para o quarto do Leo, que já era um adolescente, gostava de ficar mais reservado, e falei que tinha uma notícia para dar. Ele perguntou: 'o papai conseguiu, mãe?'. E eu disse que não. O Antonio foi o primeiro a verbalizar: 'o papai morreu?'. A partir daí, a gente se grudou”, relembrou.

Luciana Lima fala sobre o que viveu após a morte de Domingos Montagner

Logo depois, ela relembrou como reagiu nos dias seguintes. “Passei semanas em estado de choque. Foi uma coisa muito surreal, muito brusca, pegou todo mundo de surpresa. Tinha momentos em que eu chorava muito, desesperadamente, me derretia inteira, acabavam as minhas forças, não senti o corpo. Aí eu me levantava e pensava: 'ok, vamos lá'”, declarou.

Por fim, Luciana Lima contou que conseguiu ressignificar a morte de Domingos Montagner. “Quando vem a saudade, aí sim vou para o meu quarto, choro, sinto falta do cheirinho, da voz, penso nele, vejo fotos, figurinos, fico lembrando. Mas, sempre que me lembro dele, é de uma forma muito leve, nunca de pesar. Eu não consigo mais chorar de dor, me emociono em outro lugar, de felicidade, alegria”, disse ela.