Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Memória

Raul Gazolla revela sua reação ao descobrir o assassinato de Daniella Perez

Raul Gazolla relembra o dia da morte da esposa, Daniella Perez, filha de Gloria Perez, e o sentimento de fúria que sentiu

CARAS Digital Publicado em 18/07/2022, às 20h31

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Raul Gazolla no documentário sobre o caso Daniella Perez - Foto: Reprodução / HBO Max
Raul Gazolla no documentário sobre o caso Daniella Perez - Foto: Reprodução / HBO Max

O ator Raul Gazolla deu um depoimento para o documentário Pacto Brutal, da HBO Max, que conta a história do assassinato da atriz Daniella Perez, que era a esposa do ator e filha de Gloria Perez. Em um trecho do projeto, o ator relembra sua reação ao descobrir que a esposa foi morta por Guilherme de Pádua. 

Eu virei um bicho. Eu fiquei com muito ódio. Eu sei que não é um bom sentimento, mas não dá para não ter naquele momento que você sabe que sua mulher foi assassinada, que o assassino é o colega de trabalho dela”, disse ele, e completou: “O que veio no meu pensamento: 'eu vou mastigar o pescoço desse filho da p*ta'”

Em outro depoimento, Alexandre Frota relembrou como foi dar a notícia sobre o assassino para Raul Gazolla durante o velório do corpo de Daniella Perez. “A mãe do Raul, em determinado momento do velório, chega para mim e fala: 'Frota, você não vai acreditar. A polícia já sabe quem matou a Daniella'. Quando as pessoas saíram, nós fechamos a porta. O Gazolla estava sentado, chorava compulsivamente”, disse ele, e completou: “Eu me ajoelhei e abracei a barriga dele. O Tony Tornado ficou nas costas fazendo uma massagem. O Mauricio Mattar senta e dá o braço para ele, uma outra pessoa senta e dá outro braço para ele. Ele estava travado ali. A mãe dele chega e fala: 'Filho, a polícia já sabe quem matou a Daniella. Foi o Guilherme de Pádua'. Nessa hora, ele levantou com todos nós”. 

Frota ainda contou: “Depois que ele teve todo esse ataque de fúria, de amor, de sentimento, de tudo que estava passando ali, ele cai no chão e fica em posição fetal”

O documentário será lançado na quinta-feira, 21 de julho.