Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / TERAPIA

Flávia Reis revela que faz terapia há 30 anos e entrega neuroses: 'Bagunceira'

Durante o Podcast ao vivo da Contigo!, Flávia Reis entregou motivo para fazer terapia

Flávia Reis foi uma das convidadas do Podcast da Contigo! - Reprodução/YouTube
Flávia Reis foi uma das convidadas do Podcast da Contigo! - Reprodução/YouTube

Flávia Reis (48), que acumula uma trajetória recheada no meio artístico, estrela a produção Neurótica, em cartaz no Teatro UOL, em São Paulo. Durante o Podcast ao vivo da Contigo!, a atriz revelou o motivo para fazer terapia há 30 anos e entregou quais neuroses fazem parte de sua vida pessoal: "Bagunceira".

"[O motivo para fazer terapia] foi eu mesma. Na verdade, eu com as minhas questões. Acho que não tem motivo nenhum. Quando você começa a falar muito sozinha, precisa de alguém para te escutar", contou Flávia Reis, que ainda garantiu fazer terapia desde os 20 anos.

"Falo muito sozinha até hoje, adoro. Converso muito, mas faço isso em casa. Do nada, falo direto: 'Vou arrumar minha casa maravilhosa', 'Nossa, como a casa está linda hoje', 'Ainda bem que comprei aquele vaso ali, adoro', 'Vou fazer um feijão. Não vou fazer, não. Vamos fazer um inhame'", adicionou a atriz.

Flávia Reis também respondeu quais neuroses fazem parte de sua vida pessoal. "Me acham muito bagunceira. Quando vinha a faxineira e estava tudo arrumadinho e limpo, meu ex-namorado falava: 'Mantém, mantém. É só manter'. Mas me dá uma agonia tudo muito no lugar, então jogo um sapato ali, dou uma bagunçada", compartilhou.

Apesar de garantir não ficar neurótica com limpeza, a atriz detalhou outra neurose que vive com seu veículo: "Parei meu carro, saio e faço [barulho de alarme], fechou. Agora, comprei um carro novo que fecha sozinho, mesmo assim, eu volto e faço [barulho de alarme], mesmo já estando fechado. Aí vou andando e falo: 'Não fechou'. Volto e [barulho de alarme]. Essa neurose eu tenho".

Leia também: Flávia Reis revela que guarda fantasia herdada de Paulo Gustavo em lugar inusitado: 'Virou minha'

Flávia Reis ainda entregou que outra de suas neuroses é conferir se está com o passaporte mais de uma vez na hora de viajar: "[Confiro] milhões de vezes, até que na reta final vou com ele na mão. Levo uma bolsinha só com os documentos, ainda mais que viajo com a minha filha. Ali ficam só documentos, para não perder".