Morre o ator Sebastião Vasconcelos

terça 16 julho, 2013
Raquel (Gloria Pires) e Floriano (Sebastião Vasconcellos)
Raquel (Gloria Pires) e Floriano (Sebastião Vasconcellos) TV GLOBO / Divulgação


Sebastião Vasconcelos morreu nesta segunda-feira (15) vítima de um choque séptico em um hospital na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro

Morreu na noite desta segunda-feira (15), aos 86 anos, o ator Sebastião Vasconcelos, que estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin (HIAS), na Tijuca, no Rio de Janeiro com pneumonia, enfisema pulmonar e Mal de Parkinson, doença da qual sofria desde 2002. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Sebastião faleceu às 20h10, vítima de um choque séptico e de parada cardiorrespiratória.

+ Veja fotos da trajetória de Sebastião Vasconcelos

Sebastião havia sido internado no hospital em 25 de abril e permaneceu na instituição até 5 de junho, quando foi liberado para continuar o tratamento em casa. Em 30 de junho, voltou a ser internado com uma pneumonia e enfisema pulmonar. O ator também vinha sofrendo com um quadro de depressão que teria ajudado a agravar seu estado de saúde já debilitado, e deixou Vilma Costa, sua companheira há 54 anos.

+ Famosos lamentam a morte de Sebastião Vasconcelos

O ator, que nasceu em Pocinhos, na Paraíba, em 21 de maio de 1927, interpretou papéis importantes na Rede Globo, como o personagem Floriano, pai das gêmeas Ruth e Raquel, interpretadas por Glória Pires, na novela Mulheres de Areia (1993). Iniciou sua carreira no Recife, atuando em diversos espetáculos teatrais e participando da fundação do Teatro Universitário. Em 1955, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde seguiu se dedicando ao teatro.

O primeiro trabalho de Sebastião na televisão foi em 1959, quanto interpretou o personagem Jerônimo na novela Cabocla, na extinta TV Rio. Após uma passagem pela TV Tupi, Sebastião ingressou na TV Globo. Um de seus primeiros trabalhos na emissora foi a novela O Sheik de Agadir (1967), da novelista cubana Glória Magadan. Seu personagem guardava grande semelhança física com Fidel Castro e acabou por morrer misteriosamente. De lá para cá, construiu uma sólida carreira na televisão, atuando em diversas produções globais como Tieta (1989), Riacho Doce (1990), Felicidade (1991) e Por Amor (1997).  Seu último trabalho na televisão foi o personagem Mauro Fontes em Os Mutantes - Caminhos do Coração (2008), da Rede Record.

No cinema, seu primeiro trabalho foi no longa Um Caso de Polícia, também em 1959, com o personagem Godofredo. Também participou de Assassinato em Copacabana (1962),  O Quinto Poder (1962),  Os Raptores (1969), A Um Pulo da Morte (1969),  Índia, a Filha do Sol (1982) e Inocência (1983), no qual interpretou o personagem Martinho Pereira, que acabou lhe rendendo o Troféu Candango no Festival de Brasília.

+ Cleyde Yáconis e Sebastião Vasconcelos: relembre atores que morreram em 2013

por CARAS Online
Atualizado sexta 10 maio, 2019 (233819)

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Fernando Zor faz declaração romântica à Maraisa para explicar aos fãs como funciona a relação dos dois Fernando explica relação com Maraisa depois da reconciliação
  2. 2 Recuperado do câncer, Leo Rosa comemora retorno à TV
  3. 3 Gleici Damasceno recebe apoio de fãs após confusão com Lucas
  4. 4 Agatha Moreira e Rodrigo Simas curtem viagem para Maldivas
  5. 5 Leonardo surge empurrando carro de luxo e diverte web
  6. 6 Ex-BBB Lucas Fernandes responde indireta de Gleici
  7. 7 Bruna Marquezine viaja para Orlando
  8. 8 Descamisado, Zé Felipe se despede das férias no México
  9. 9 Carol Castro se diverte com filha antes de dormir e encanta
  10. 10 Juliana Paes curte parques de Orlando junto da família