publicidade Juntas Contra Vazamentos

Vazamento de imagens íntimas: 5 dicas para manter sua privacidade na rede

Divulgar foto ou vídeo íntimo sem autorização é crime! 81% das vítimas são mulheres e 53% delas tem idade até 25 anos. Aprenda a se proteger

CARAS Digital Publicado quinta 23 abril, 2015

Divulgar foto ou vídeo íntimo sem autorização é crime! 81% das vítimas são mulheres e 53% delas tem idade até 25 anos. Aprenda a se proteger
Vazamento de imagens íntimas: 5 dicas para manter sua privacidade na rede - Shutterstock

A ONG SaferNet e a Always lançaram recentemente a campanha #JuntasContraVazamentos, ação que chama a atenção para a divulgação não autorizada de sextings – mensagens apimentadas.

O movimento já teve apoio de várias famosas, incluindo Sabrina Sato, que participou de um vídeo onde supostamente sua intimidade era exposta nas redes sociais. Depois a apresentadora veio a público e esclareceu que tudo fazia parte de uma ação de conscientização contra a invasão de privacidade. 

Existem algumas dicas para evitar que uma foto, vídeo ou texto seu seja exposto, sem que seja por você. Veja:


1. Armazenamento em nuvem
Esses serviços não oferecem 100% de segurança. Os conteúdos - mensagens, fotos ou vídeos - podem estar vulneráveis à exposição. Neste caso, desative o recurso de backup em nuvem para garantir que os arquivos fiquem somente no seu dispositivo.

2. Senhas
As senhas das mídias sociais, e-mails e outras contas particulares devem ser pensadas para garantir uma maior segurança. O certo é criar senhas com combinações de letras, números e símbolos - e não repetir a mesma combinação.  Isso dificulta o acesso de outros a sua conta.

3. Criptografia
Ao criptografar seus arquivos, você protege seus dados no caso de roubo de aparelhos, armazena seus arquivos de maneira mais segura e evita que terceiros tenham acesso as suas conversas e ao seu histórico de navegação.

4. Rede Wi-fi pública
Não utilize wi-fi público, qualquer um que estiver conectado na mesma rede - e souber um pouco sobre tecnologia - pode interceptar as informações da sua máquina e obter senhas e dados da sua navegação.

5. Logout
Algo simples de se fazer e que faz muita diferença. Faça o logout de sua conta pessoal ou rede social após o uso. Não dê a chance para que alguém mal intencionado acesse ao seu facebook ou seu e-mail.

Lembre-se: muitas das fotos e vídeos divulgados ilegalmente são enviados pelas próprias vítimas a pessoas que elas 'supostamente' acham confiáveis. Por esse motivo, pense muito bem se você quer mesmo enviar algum conteúdo 'confidencial' e analise se a pessoa que vai receber merece sua confiança.

 

 

Último acesso: 09 Jul 2020 - 00:08:41 (260732).