Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Publicidade / Fashion Tendências

Fedora, Panamá, boina, cowboy, abas curtas ou largas: o chapéu traz elegância ao seu look. Saiba como usá-lo

O chapéu é um acessório glamouroso que complementa o visual. Consultora de imagem dá dicas para apostar nos diferentes modelos e arrasar!

Vinicius Máximo Publicado em 13/03/2014, às 15h28 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Emma Roberts usa chapéu em feltro colorido - AKM-GSI/AKM-GSI
Emma Roberts usa chapéu em feltro colorido - AKM-GSI/AKM-GSI

Em produção descontraída e informal, Emma Roberts escolheu camiseta, jeans, botinha... e chapéu. O modelo - em feltro colorido -, neste caso, “puxou a produção, trazendo elegância e glamour”, entrega Ana Paula Ignácio, consultora de imagem. “Ela deu um ar jovial e descontraído à produção”, completou.

Ótimo acessório para festas, casamentos e eventos vespertinos, o chapéu sofistica o visual. Entretanto, “é preciso atitude de quem o usa, para que sinta-se a vontade”, alertou Paula.

Como usar chapéu no dia a dia?

No Brasil, o uso do modelo Panamá está cada vez mais frequente por conta do nosso clima. Este modelo - ideal para o dia - pede looks mais descolados, como jeans e camisa branca, bermudas e camisas, vestidos leves e sapatos sem salto. Durante o inverno, as boinas devem voltar com tudo, porém, precisam cobrir a cabeça para proteger do frio. O modelo cowboy também pode ser usado. Com ele, a camisa xadrez se encaixa perfeitamente. É importante criar um contraste com o visual - nada de querer combinar, o legal é um look descontraído. Porém, não deixe de respeitar os ambientes: é preciso tirar o chapéu em lugares fechados e na hora das refeições.

Como usar chapéu em casamentos?

É importante deixar claro que ele pode ser usado só se for em cerimônias vespertinas. Quanto mais cedo, abas menores. Final de tarde, abas mais amplas. As mulheres mais baixas precisam escolher com cuidado - os de abas menores ficarão mais elegantes, já que um chapéu muito amplo vai parecer "engoli-la". Já as mais altas têm a liberdade de ousar nos modelos de abas largas - como uma releitura dos anos 70.