Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Kanye West diz que concorrerá à presidência em 2020

Depois de afirmar que fumou um baseado antes de subir no palco do VMA, o rapper anunciou que concorrerá ao posto de presidente dos Estados Unidos

CARAS Digital Publicado em 31/08/2015, às 09h51 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Kanye West - Getty Images
Kanye West - Getty Images

Kanye West surpreendeu o público ao anunciar que concorrerá à presidência dos Estados Unidos em 2020. A declaração, feita em tom sério, foi no final de seu discurso no palco do VMA na noite de domingo, 30, em Los Angeles. 

O rapper foi o homenageado com o Michael Jackson Video Vanguard Award, o prêmio honorário do VMA, e recebeu o troféu das mãos de Taylor Swift, com quem teve uma desavença no passado - seis anos atrás ele invadiu o palco para protestar contra o prêmio recebido por Taylor. "Sou uma fã dele desde que eu me lembro. Kanye define o que é uma força criativa na música, na moda e na vida. Eu estou realmente feliz por você. Kanye West teve uma das carreiras mais brilhantes de todos os tempos. Eu tenho a honra de apresentar o prêmio para o meu amigo", disse Taylor ao entregar os prêmios para o rapper. Em seguida, ela ficou ao lado da mulher dele,Kim Kardashian, na plateia.

Kanye ficou alguns minutos em silêncio no palco enquanto era ovacionado pela plateia. Em seu discurso, ele falou sobre diferenças raciais e confessou que não entende sobre premiações de música. O músico ainda admitiu ter fumado um baseado antes de subir ao palco. "Vocês podem estar se perguntando: 'será que ele fumou?'. E a resposta é 'Sim, fumei mesmo. Dei uma relaxada'", disse. 

Em seguida ele anunciou sua candidatura. "Sim, eu vou concorrer à presidência dos Estados Unidos em 2020".