Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Chamada de ‘hipócrita’ pela imprensa americana, Beyoncé rebate críticas

Capa da revista americana 'Flaunt', Beyoncé falou sobre a polêmica envolvendo seu acordo milionário com uma marca de refrigerantes. Cantora era a artista que mais apoiava o projeto contra a obesidade infantil criado por Michele Obama

CARAS Online Publicado em 11/07/2013, às 09h11 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Beyoncé é capa da revista 'Flaunt' - Reprodução/ Flaunt
Beyoncé é capa da revista 'Flaunt' - Reprodução/ Flaunt

Beyoncé assinou um contrato de US$ 50 milhões para ser garota-propaganda de uma marca de refrigerantes. Mas o acordo rendeu inúmeras críticas à cantora, que até o ano passado se esforçava para apoiar o projeto Let’s Move criado pela primeira-dama americana Michele Obama, contra a obesidade infantil.

+ Pai de Beyoncé deve US$ 1,2 milhão em imposto de renda

Um jornalista do New York Times chamou a atitude de Beyoncé de hipócrita. “Ela está alugando a imagem dela para um produto que um dia poderá estar no ranking ao lado do cigarro como assassino”, escreveu.

Em entrevista à revista Flaunt, da qual é a capa neste mês, ela respondeu às críticas: “Pepsi é uma marca que eu cresci vendo colaborar com meus heróis. A empresa respeita músicos e artistas. Eu não encorajaria ninguém, especialmente as crianças, a viver a vida sem uma balança”.

+ Beyoncé é a cantora mais poderosa e Lady Gaga a mais jovem da lista da 'Forbes'