Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Do Carma ao Darma em 2013

2012 pode ser considerado um espécia de 'Day After' na sequeência do mistificado 2012, tido por muitos como o fim do mundo. Imaginemos o novo ano como o começo de um novo mundo

Redação Publicado em 31/12/2012, às 12h01 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

. - Shutterstock
. - Shutterstock

Regido pelo exigente Saturno, não podemos esquecer que 2013 pode ser considerado como uma espécie de “Day After” na sequência do mistificado 2012, tido por muitos como o fim do mundo.
Sendo assim, imaginemos 2013 como o começo de um novo mundo...

Pois na verdade, os aspectos astrológicos que se apresentaram tanto na aproximação como no próprio ano de 2012 são muito significativos, indicando mudanças transformadoras e sugerindo o momento que estamos presenciando como um grande Divisor de Águas da Humanidade, um verdadeiro Rito de Passagem.

Como é notório, as instituições sociais que vêm imperando há milênios, estão agora absolutamente em cheque, na medida em que as verdades ocultas vão subindo à tona.

Isto é exatamente o que os planetas simbolizam em seus posicionamentos, sendo que novas mudanças importantes apenas acontecerão a partir de 2015 e até 2025, quando então deveremos passar a outros cenários.

Até lá cabe trabalharmos com a desconstrução do velho para a construção do novo.

Para isso nem será preciso perguntar-se como, uma vez que as circunstâncias surgirão.

Assim, o mais importante inclusive no plano pessoal, é decidir com clareza, mesmo que não se possa ter certeza. Teremos que nos posicionar a partir do sentimento do nosso coração, a mais nobre via de conexão.

Assim, a atual quadratura entre Urano e Plutão pode ser interpretada como uma grande crise de crescimento originada pela conjunção entre esses poderosos astros que caracterizou a decantada década de 60.

E o que se impõe agora é luta pela instituição dos valores que vêm sendo desenvolvidos por todos esses anos, tais como solidariedade, espiritualidade, liberdade, igualdade, reconhecimento, compaixão, espírito comunitário, justiça, amor pelo outro e pela natureza e compartilhamento sustentável do trabalho e dos recursos planetários.

Antes, porém, teremos que passar pelos portais do Carma, num inevitável processo simbolizado pela presença de Saturno e do Nódulo Lunar Norte em Escorpião.

Isso significa encarar aquilo que ocultamos de nós mesmos nos tempos passados e que agora se transforma em pressão irresistível e até mesmo avassaladora em nossas vidas. Mas na medida em que encaramos, toda quimera se esfuma. E será a própria luz do nosso olhar corajoso que nos encaminhará os passos para superar essas pendências que amarram os nossos pés, impedindo a verdadeira caminhada.

Para então, em meados de 2013, quando o benéfico Júpiter ingressar no signo de Câncer, participando também da grande cruz cósmica que simboliza os tempos atuais, podermos iniciar o fantástico processo de transformar nosso Carma na expressão do verdadeiro Darma, passando então a utilizar as mesmas energias que causam as nossas doenças para a constituição da nossa cura e por conseqüência para a cura de toda a nossa coletividade.

Em outras palavras, a ordem é transformar em Missão aquilo que nos atormenta, através da integração das sombras e da compreensão mais profunda da nossa própria individualidade.

Tudo virá naturalmente para cada um de nós que se colocar com firmeza de intenção e procurar o seu verdadeiro lugar nessa magnífica e encantadora civilização.

E que seja louvada a Humanidade!