Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Processo!

Cantora Lizzo apresenta provas contra acusação e pretende processar ex-dançarinas

Lizzo é acusada de assédio sexual e criação de ambiente de trabalho hostil

Lizzo - Foto: Getty Images
Lizzo - Foto: Getty Images

O caso envolvendo Lizzo e ex-dançarinas da cantora ganhou um novo capítulo. Acusada de assédio sexual e criação de ambiente de trabalho hostil pelos ex-funcionários, a cantora revelou por meio do advogado, que também pretende levá-los à Justiça.

Em entrevista ao TMZ, o advogado da cantora, Martin Singer, divulgou que foram apresentadas novas provas, algumas fotos e um vídeo, que ele diz contradizer os relatos de Arianna Davis, Crystal Williams e Noelle Rodriguez.

As imagens apresentadas mostram Davis, Williams e Rodriguez se divertindo nos bastidores de uma festa pós-show que aconteceu em um cabaré nu em Paris. O advogado alega que as fotos são de 5 de março, cerca de um mês após o incidente no Bananenbar, em Amsterdã, local em que elas alegam que "Lizzo pressionou membros da equipe para se revezar tocando as artistas nuas, pegando consolos lançados das vaginas das artistas e comendo bananas saindo das vaginas das artistas". 

As ex-dançarinas da cantora também afirmam na denúncia que foram "forçadas a ir ao show de topless em Paris". No entanto, com as fotos apresentadas, Marin Singer acredita que a prova contradiz o que foi dito pela acusação. Ele ainda afirma que elas estavam "pulando alegremente nos bastidores" com as dançarinas de topless. Segundo o advogado, as bailarinas teriam retornado ao cabaré parisiense, acompanhadas por Lizzo, algumas semanas depois da primeira visita. 

A defesa de Lizzo também resgatou um vídeo da mesma época, em que Arianna Davis se emociona ao falar sobre o trabalho com a artista e a elogia: "Tem sido uma jornada tão incrível e tão linda. Eu admiro muito ela. Eu só quero seguir seus passos, e eu só quero compartilhar isso com a própria Rainha Lizzo", diz a dançarina no clipe.

Além disso, Singer declarou ter outras "evidências substanciais" que provam as flagrantes contradições entre o que os demandantes afirmam em seu processo falso e o que é realmente comprovado pelos fatos".

O advogado da voz de "Juice" finalizou afirmando que considera a ação judicial movida contra a cantora uma "farsa", e garantiu que a artista pretende processar as ex-funcionárias por danos morais.

Também em conversa com o TMZ, o advogado das dançarinas, Neama Rahmani, se pronunciou sobre as provas apresentadas e afirmou que as fotos nos bastidores da festa em Paris foram uma "defesa": "É claro que elas queriam manter seus empregos. Elas tinham contas para pagar como todo mundo, mas finalmente se cansaram do abuso. Apoiamos todas as reivindixações no processo e aguardamos julgamento", reforçou.