Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Entrevista

Em Paris, Valéria Almeida revela como foi substituir Patrícia Poeta na TV: 'Presente lindo'

A apresentadora Valéria Almeida brinda seus 40 anos com viagem ao lado do marido e reflete sobre nova fase na carreira

Por Tamara Gaspar Publicado em 11/09/2023, às 08h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: MIRELLE MATIAS E PABLO ARAÚJO
Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS - FOTOS: MIRELLE MATIAS E PABLO ARAÚJO

Cidade das luzes, da cultura, da arte e do romantismo, Paris se transformou em fonte de inspiração — e celebração — para a apresentadora Valéria Almeida. Ao lado de seu Peterson Gomes (45), ela elegeu a capital francesa como cenário para festejar a chegada de suas quatro décadas. “Eu desejei muito fazer 40 anos! Talvez por ter perdido muita gente cedo, estabeleci esse marco para alcançar com saúde! E, para celebrar, pensei em fazer uma festa imensa! Depois, mudei de ideia e falei: quero sair por aí aproveitando a saúde e a liberdade!”, contou ela, cuja busca pela liberdade a levou à capital francesa. “Assim, escolhi Paris por acreditar que a cidade me proporcionaria momentos lindos, já que ela tem uma junção de povos que me encanta, além da arquitetura, os museus e a boa comida! Certamente foi a melhor escolha, foram dias vividos intensamente!”, resume Valéria.

E os motivos para celebrar, de fato, parecem não faltar para a jornalista. Ao lado de Tati Machado (32), ela foi responsável por substituir Patricia Poeta (46) no global Encontro durante as férias da titular. O resultado? Ela surpreendeu o Brasil e ganhou elogios dos mais críticos e exigentes telespectadores. “Apresentar o Encontro, que tem uma história de sucesso, foi uma experiência lindíssima e que marcou de um jeito muito positivo meus 12 anos de trabalho na Globo, os meus 18 anos de jornalismo e meus 40 anos de vida. A estreia, aliás, foi bem no dia do meu aniversário! Estar neste lugar ao lado da Tati Machado foi um presente! A gente se fala no olhar, se admira e se complementa”, comemora a santista.

A sintonia foi tamanha que a dupla segue firme e forte nas manhãs da Globo. “O resultado dessa nossa parceria foi sentido pelas pessoas de um jeito tão bonito, que seguimos juntas, com a Patricia Poeta, nessa nova etapa do programa”, conta ela, sem imaginar o tamanho da repercussão. “Eu estava preparada e disposta a dar o meu melhor. Esperava que o retorno fosse positivo, mas, sem sombra de dúvidas, foi muito além do que eu imaginei! Foi um presente lindo receber o carinho e essa resposta do público!”, completa Valéria, que ainda brilha no quadro Bem Estar, do É de Casa, também da Globo.

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

De volta ao tour, no roteiro do casal, pontos icônicos da cidade como o Louvre, a Torre Eiffel, o Museu Rodin e o D’Orsay foram paradas obrigatórias. Tudo feito ao ritmo dos desbravadores: a pé! “Essa foi a nossa primeira vez em Paris e ficamos completamente encantados! A cidade é linda e a preservação da cultura é inspiradora! Visitamos os lugares que todos que chegam à cidade querem conhecer, mas a gente se permitiu sentir e viver Paris para além disso. Nós andamos muito! Muito mesmo! Nós só pegamos o transporte público uma vez. Cada lugar que queríamos visitar, íamos na caminhada para descobrirmos outras coisas durante o trajeto! E valeu muito a pena! Além de admirarmos a beleza da cidade, conhecemos muitas pessoas queridas, várias, inclusive, que são apaixonadas pelo Brasil e falam português”, afirmou ela.

Como era de se esperar, outro sentido aguçado durante a viagem foi o paladar. “A gente entende que um bom prato de comida, a gastronomia, fala muito sobre o lugar, o povo e a cultura! Sem contar que aproveitamos para curtir a gastronomia local, parando de café em café, de brasserie em brasserie. Foi tudo lindo demais! Valeu cada segundo vivido na capital francesa!”, recorda a apresentadora.

Em meio às novas descobertas culturais e gastronômicas, também houve espaço para os imprevistos. No entanto, tratando-se de Paris, qualquer perrengue pode ser rotulado de chique! “Nossas experiências gastronômicas renderam momentos bem divertidos. Mas, sem dúvida, quando o Peterson pediu um foie de veau, o fígado de vitela, achando que seria um bife como o que temos no Brasil, foi impagável! Veio um fígado inteiro no prato! A gente não acreditava no que estava vendo e eu caí no riso, agradecendo por ter escolhido um suflê!”, conta ela, ainda dando risada do episódio. Na bagagem de volta, a melhor lembrança foi o lifestyle leve e tranquilo dos parisienses. “Amei tudo que vivi! Mas acho que se eu só pudesse levar uma coisa na memória, gostaria que fosse a forma que os parisienses cultivam a cultura e o tempo para respirar e apreciar a vida! Vê-los sentados à beira do Rio Sena, nas praças e jardins, todos os dias, como um ritual sagrado, foi impressionante! Esse é o tempo, a pausa, que muitas vezes deixamos de lado sem perceber o quanto de vida fica para trás”, reflete.

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

O tour ainda teve um toque de romantismo e ajudou a estreitar os laços do casal, junto há 14 anos. “Eu e ele nas esquinas de Paris — e em qualquer canto do mundo —, sonhando, realizando, ocupando e sendo felizes em todos os lugares que escolhemos estar. O amor é mesmo revolucionário!”, atesta a jornalista. Parceiros de todas as horas, eles ainda são sócios em uma produtora. “A gente coloca a vida sempre em primeiro plano. O trabalho é importante, mas precisamos estar bem, com saúde, com qualidade em família”, fala a apresentadora.

Seja na vida pessoal ou profissional, Valéria não poderia chegar aos 40 anos de forma mais intensa, como ela mesma gosta de dizer. “Quando olho para a vida, pode ser que eu morra com 100 anos e pode ser que não. Na falta dessa certeza, vivo da melhor maneira possível. E tenho orgulho da menina que me trouxe até aqui”, exalta ela, sem perder de vista suas origens, raízes e batalhas. “Eu respeito muito meu momento de vida. De que jeito posso ter uma vida de felicidade, mas com sentido? A vida é algo que tem que ter sentido. Vou lutar quando tiver que lutar e rir quando tiver que rir. Sou a pessoa que lava a própria louça. As pessoas, às vezes, não conseguem visualizar sua história de vida, parece que você está em um lugar blindada de todos os males. Busco minhas motivações para achar que a vida é muito bonita e vale a pena”, finaliza Valéria, que se tornou referência e inspiração para mulheres negras conquistarem seus sonhos. 

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

Valéria Almeida em entrevista na Revista CARAS

FOTOS: MIRELLE MATIAS E PABLO ARAÚJO

View this post on Instagram

A post shared by CARAS (@carasbrasil)