Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Semanas antes de morrer, Michael Jackson chorou e gritou para o filho: 'Eles vão me matar'

Prince Jackson falou que o pai, Michael Jackson, estava sob pressão da AEG Live. O filho do Rei do Pop também falou sobre as últimas horas que passou ao lado dele

CARAS Online Publicado em 27/06/2013, às 11h10 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Prince Jackson fala sobre a morte do pai em depoimento - Getty Images
Prince Jackson fala sobre a morte do pai em depoimento - Getty Images

Prince Jackson (16) foi o primeiro filho de Michael Jackson a dar um depoimento para o processo que a família do cantor move contra a empresa AEG Live, que cuidava da turnê que o artista faria antes de morrer, há quatro anos. Durante seu discurso, Prince contou emocionado as últimas experiências que teve ao lado do pai.

De acordo com Prince, semanas antes de Michael Jackson morrer, o Rei do Pop tentou negociar com a AEG Live mais tempo de ensaio, mas foi pressionado pela produtora. O menino afirmou que o pai estava sob pressão e teve uma discussão com Randy Phillips, representante da AEG, e com seu ex-empresário, Dr Tohme Tohme.

Michael teria surtado após a discussão, na qual Randy Phillips teria sido agressivo com Michael, o cantor chorou na frente do filho e falou ‘Eles vão me matar’.

+ Descubra, em 10 motivos, por que Michael Jackson continua vivo

No dia da morte

Prince contou à Corte de Los Angeles que ouviu gritos no andar de cima da casa em que vivia com o pai e foi chamado por Dr. Murray para subir até o quarto de Michael. “Eu subi as escadas e vi Conrad Murray fazendo massagem cardíaca no meu pai. Dr. Murray gritava enquanto fazia a massagem cardíaca”, falou.

Michael estava com o corpo quase caído para fora da cama. “Então minha irmã subiu as escadas, ela estava gritando o tempo todo e dizendo que queria ver o pai”, disse Prince.

A notícia da morte de Michael foi dada pelo próprio médico. “Dr. Murray disse: ‘desculpa crianças, papai está morto’”.

As máscaras

Durante o depoimento, Prince também foi questionado sobre a estranha mania que Michael Jackson tinha de colocar máscaras nos rostos dos filhos quando eles saíam em público.

“Ele queria proteger a gente para que as pessoas não soubessem como a gente parecia, assim a gente poderia sair sem ser reconhecido”, comentou.

+ Conheça os ‘filhos problema’ de famosos como Michael Jackson e Jon Bon Jovi

Pai famoso

Prince comentou que a ele e os irmãos demoraram para perceber que o pai era tão famoso. “Ele queria que a gente fosse normal”, declarou. “Eu e minha irmã descobrimos o quanto ele era famoso assistindo a um show dele e tinha meninas gritando e sendo carregadas. Daí a gente descobriu. Sempre ouvimos as músicas dele, mas não sabíamos o quanto ele era famoso”.

O garoto não comentou muito sobre a irmã, que está internada após uma tentativa de suicídio. Ele só disse que Paris (15) estava tendo um ‘tempo difícil’.

+ Paris Jackson falava sobre suicídio em site meses antes de tentar se matar