Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Samara Felippo teve a maquiagem mais difícil de ‘Dercy’

Saiba como a transformação de Samara Felippo para ficar bem mais velha em cenas da minissérie 'Dercy de Verdade'

Redação Publicado em 04/01/2012, às 19h41 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Samara Felippo em cenas de 'Dercy de Verdade' - TV Globo
Samara Felippo em cenas de 'Dercy de Verdade' - TV Globo

A personagem da atriz Samara Felippo (33) foi a que mais deu trabalho para a equipe de caracterização, comandada por Anna Van Steen, da minissérie Dercy de Verdade, da Globo. Na trama, a artista dará vida para a filha de Dercy Gonçalves, Decimar, e teve que envelhecer 50 anos ao longo da história. “Foi muito difícil envelhecer porque ela tem o rosto muito liso, então optamos por engordá-la, em que envelhece de outra forma, aumentando os volumes”, contou Anna à CARAS Online.

Anna Van Steen demorou cerca de 2 meses para poder preparar toda a maquiagem e próteses que foram usadas em Samara, e só tiveram um dia de gravação, já que seria complicado montarem tudo de novo. “Usamos algumas próteses, que foram feitas dentro do próprio Projac, e estudamos muito bem o rosto da Samara para fazer os moldes. Fizemos próteses para o rosto, o pescoço - para criar um papo -, olhos, canto da boca e uma peruca para ficar com a aparência de cabelo tingido. Além disso, tivemos o apoio da equipe de figurino, que fez uma prótese para colocar embaixo da roupa, com seis e barriga maiores. Foi a mais complicada da minissérie porque tínhamos um rosto de criança para envelhecer muitos anos. No dia da gravação, demoramos 3 horas para preparar a Samara para a cena”, contou ela.

O trabalho foi muito bem feito, tanto que até gerou uma reação na atriz. “Cada vez que ela vê a foto, ela se acha feia, mas nenhuma pessoa se acharia bonita com todas essas próteses (risos)”, comentou Anna.

Com uma minissérie que conta tantos anos da vida de Dercy Gonçalves, a equipe de caracterização também teve que preparar o envelhecimento de outros personagens. “A Bita, personagem da Rosi Campos, teve um envelhecimento diferente, porque a atriz já é um pouco mais velha e ficou com uns 70 anos. Trabalhamos muito nas rugas, próteses para as mãos e pescoço, com pelancas mesmo, e uma peruca grisalha”, afirmou.

Nem as protagonistas fugiram da cadeira da maquiagem. “A Fafy Siqueira [que faz a 2ª fase de Dercy] foi a mais estranha de envelhecer, porque, ao mesmo em que envelhecia, fazia plásticas. Então a gente usava o látex para fazer as rugas e esticava para as rugas irem para os lados. Só as mãos e pescoço ficaram bem enrugados”, contou Anna, completando sobre a caracterização de Heloísa Perissé, que faz a 1ª fase. “Ela não precisou de próteses, só látex para poder trocar de lugar com a Fafi, então envelhecemos só uns 10 anos”.