Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Dia dos Pais

Tony e Lincoln Tornado falam sobre sua conexão de pai e filho: "Fechamento puro"

Em entrevista à CARAS Brasil, Tony e Lincoln Tornado compartilham a parceria de pai e filho e grandes momentos de suas carreiras

Rafaela Bertolini Publicado em 13/08/2023, às 13h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Lincoln e Tony Tornado - Foto: Acervo Pessoal
Lincoln e Tony Tornado - Foto: Acervo Pessoal

O Dia dos Pais é momento de celebrar para os atores Tony Tornado e Lincoln Tornado! Atualmente, Tony está no elenco da novela Amor Perfeito, da Globo. Enquanto isso, Lincoln faz parte do elenco de A Infância de Romeu e Julieta, primeira novela de co-produção entre o SBT e o Prime Video. Com uma longa carreira na atuação, o filho se inspirou principalmente em seu pai, o pioneiro da soul music no Brasil, com a clássica canção BR-3, e veterano da televisão para tomar seus primeiros passos profissionais.

Em entrevista à CARAS Brasil, Tony e Lincoln Tornado relembraram grandes momentos compartilhados entre si em sua carreira. E em celebração do Dia dos Pais, ambos abriram sobre a sua vida pessoal de pai e filho, dividindo os ensinamentos que compartilharam ao longo dos anos.

Uma conexão que transborda

Por diversas vezes, Tony e Lincoln subiram aos palcos juntos e mostraram o seu talento excepcional ao público. E para eles, a presença um do outro ali é imprescindível. Afinal, ambos se confiam de olhos fechados. "Sem ele fica difícil pra mim. Confio nele em todos os pontos. Desde fechar um trabalho à própria execução", confessou Tony.

E para o músico, tudo fica mais fácil com a conexão que ele tem com seu filho. "Gosto demais de trabalhar ao seu lado e me sinto muito confortável em dividir os afazeres com ele. Essa confiança sempre existiu. Sei o cara que criei. Ficou mole agora", completou.

Lincoln também confessou que, sem sombra de dúvidas, a sua forte conexão com o pai agrega nos palcos. "Quando paro pra pensar que além de trabalhar com meu ídolo ele é o meu pai o que me resta é sentir gratidão a Deus por essa benção. E essa intimidade, tenho certeza, é refletida na tela e nos palcos. Facilita tudo. É bom demais", expressou ele.

Essa relação foi construída aos poucos com o passar dos anos. Segundo Lincoln, é muito fácil ser um grande amigo de seu pai. "Ele é muito jovial, gosta de shopping, carros e tecnologias. Conversamos sobre muitas coisas. Claro que em alguns momentos ouço conselhos, mas é muito mais leve do que 'sermões' e aprendiz e mestre. A relação é muito mais de dois grandes amigos e colegas de trabalho do que outra coisa".

Tony concorda com o filho, afirmando que sua relação vai muito além do laço familiar. "É amizade pura. Lincoln é meu parceiro e não só no trabalho, mas na vida num todo. Pai e filho, irmãos também. Gosto demais da nossa relação. Somos fechamento puro!", confessou o artista.

Bagagem cultural

Aos 93 anos, Tony Tornado tem um vasto repertório cultural para compartilhar com seus herdeiros. Como grande músico e veterano na atuação, ele teve muito o que ensinar ao seu filho artisticamente. Na entrevista, Lincoln disse que ambos conversam muito sobre atuações. "Assistimos muitas coisas e sempre trocamos ideias sobre as interpretações de colegas. Falamos como faríamos e, inclusive, dirigiríamos as cenas, pois gostamos muito de direção também".

Contudo, a grande conexão artística vem através da música, já que ambos trocam muito sobre o assunto entre si. "Quando um descobre um novo som, já compartilha com o outro. Não importa o gênero. É muito legal essa troca e sempre foi assim", disse ele. Tony confirmou as palavras do filho e deu mais detalhes sobre sua influência. "Eu tenho coleção de CDs e Vinis. Ele escutou muito mais do que eu e estudou atuação desde garoto. Acredito que muito pelo convívio comigo e meus ambientes de trabalho", confessou ele.

Contudo, Tony inicialmente não queria que seu filho seguisse com uma carreira artística. Segundo Lincoln, que atua desde criança, o pai foi relutante e ficou preocupado com as dificuldades que o profissional das artes passa. "Eu super entendi, mas não teve jeito," iniciou ele. "Acredito que o convívio no meio artístico que tive desde criança me fez ver que era nesses lugares que eu queria estar. Hoje não vivo sem meu trabalho. Foi a melhor escolha."

Assim, Lincoln batalhou no meio artístico e alcançou grande sucesso como ator. Desde sua estreia na televisão com Caça Talentos, na TV Globo, o ator já alcançou diversos feitos em sua carreira, chegando até o papel de Enzo na novela A Infância de Romeu e Julieta. Por ser uma pessoa que respira arte e a estuda desde cedo, o jovem passou a inspirar seu pai.

"Admiro seu empenho e a dedicação que ele entrega aos trabalhos que executa. As construções de personagens dele são incríveis e seu estudo vocal também me inspiram", confessou Tony. Em seguida, ele compartilhou o que mais gostaria de levar de seu filho para si. "Gostaria de ter a mesma disciplina e talento no trabalho que ele tem. Tudo sempre com bom humor e muito carisma e respeito com seus colegas."

As memórias que ficaram

Com uma longa estrada já andada, Tony e Lincoln Tornado colecionam momentos marcantes em sua vida artística e pessoal. Na conversa com a CARAS Brasil, ambos relembraram suas memórias favoritas como pai e filho. 

Lincoln admitiu que tem várias lembranças incríveis de quando se apresentava com o pai nos palcos de todo o Brasil. Contudo, um show especial ganhou destaque em seu coração. "Em um show, entraram como participação Jussara, do Trio Ternura, e Antônio Adolfo, compositor de BR-3. Ao ver e ouvir a arte dos três no palco fiquei muito emocionado. Era a história da música nacional no palco. Incrível, simplesmente incrível", compartilhou ele.

Tony também admitiu que sempre se emociona ao ver o filho nos palcos. "Eu só babo (risos). Toda vez que estamos no palco fico emocionado ao vê-lo fazer sua arte, cantando, dançando e atuando tão bem. Não tem como não sentir orgulho e, como digo sempre, pensar como ele pode ter saído de mim", dividiu o cantor.

Na conversa, Tony também revelou o que mais admira em seu filho. "Ele é uma pessoa ímpar no mundo. Um cara muito estudioso e dedicado ao seu trabalho e sua arte. Sou fã legal. Talentoso e capaz de fazer grandes trabalhos. Não só nas artes cênicas, mas na música também", disse ele.

O cantor e ator também dividiu conosco um conselho pautado em sua experiência de vida, do qual ele sempre divide com seu filho. "Tenha calma que tudo vai acontecer. As coisas às vezes demoram mesmo. Eu demorei 40 anos para subir no palco do Maracanãzinho pro festival. Tudo ao seu tempo. Faça o que tem e pode fazer. O resto Deus te entregará", contou Tony.

Lincoln confessou que esse conselho ficou muito marcado em seu coração. "Fica calmo. Vai dar tudo certo, Don!”, disse o ator, imitando a fala do pai. "Esse pensamento virou, praticamente, um mantra. Me norteia e norteará sempre. É isso. Vai dar tudo certo."