Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Superação

Selma Blair conta que iniciou no alcoolismo aos 7 anos de idade e revela episódio traumático

Sóbria desde 2016, Selma Blair revela episódios traumáticos e fala sobre superação do alcoolismo

CARAS Digital Publicado em 11/05/2022, às 13h12

Selma Blair fala sobre alcoolismo - Foto: Getty Images
Selma Blair fala sobre alcoolismo - Foto: Getty Images

A atriz Selma Blair (49) anunciou sua nova autobiografia 'Mean Baby', e concedeu uma entrevista para a revista People, contando os altos e baixos da sua vida pessoal.

Em entrevista, Selma falou sobre seu vício em álcool, superado em 2016, e revelou que teve seu primeiro contato com as bebidas aos 7 anos de idade.

"Eu não sei se eu teria sobrevivido à infância sem alcoolismo [...] é por isso que é um problema para muitas pessoas. É realmente um enorme conforto, um grande alívio no começo", conta a atriz para a revista. "Mesmo nos primeiros anos, porque eu comecei muito jovem, tinha isso como um conforto, um mecanismo de enfrentamento".

A atriz também concedeu um trecho exclusivo de sua autobiografia para a revista em que ela revela onde começou seu vício: "Ao tomar pequenos goles do Manischewitz [vinho], foi permitido que durante todo o Sêder uma luz me inundasse, enchendo-me com o calor de Deus. Mas no ano em que eu tinha sete anos, quando basicamente tínhamos Manischewitz na torneira, ninguém estava prestando atenção no meu nível de consumo, eu juntei: o sentimento não era Deus, mas fermentação. Eu pensei: 'Bem, isso é uma grande decepção, mas pode obter o calor do Senhor de uma garrafa, graças a Deus há uma bem aqui".

"Fiquei bêbada naquela noite. Muito bêbada. Eventualmente me colocaram na cama da minha irmã, Katie, com ela. De manhã eu não me lembrava como tinha chegado lá", revelou.

Segundo a atriz, o abuso de álcool aumentou durante a adolescência. Ela também revelou um episódio traumatizante durante as férias da faculdade, quando foi estuprada.

"Não sei se os dois me estupraram. Um deles, definitivamente fez [...] Eu fiquei paralisada e esperei que aquilo acabasse", conta. "Eu gostaria de poder dizer que o que aconteceu comigo naquela noite foi uma anomalia, mas não foi. Fui estuprada, várias vezes, e estava bêbada demais para dizer as palavras 'por favor, pare'. Só que uma vez foi violento, eu saí quieta e envergonhada", escreveu.

Selma está sóbria desde 2016, e espera compartilhar sua jornada para ajudar as pessoas que compartilham de histórias semelhantes: "Eu escrevei o livro para o meu filho e para as pessoas que tentam encontrar o buraco mais profundo para entrar até que a dor passe", diz a atriz.

"Não acredito que tudo isso aconteceu na minha vida, e ainda estou aqui e bem", finaliza Selma.

Autobiografia de Selma Blair será lançada dia 17 de maio: