Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Medicina sagrada

Pierre Bittencourt, o Mosca de 'Chiquititas', rebate críticas ao chá do santo daime: 'Inadmissível'

Ator defendeu sua relação com o chá alucinógeno ayahuasca, conhecido popularmente como 'santo daime'

Redação Publicado em 24/08/2023, às 20h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pierre Bittencourt creditou ao santo daime ter parado de beber, fumar e comer carne - Reprodução Instagram
Pierre Bittencourt creditou ao santo daime ter parado de beber, fumar e comer carne - Reprodução Instagram

Pierre Bittencourt falou sobre sua relação com ayahuasca, conhecido também como santo daime. O chá com potencial alucinógeno é capaz de provocar alterações na consciência por um período de até 10 horas. Algumas religiões brasileiras usam a bebida em seus cultos como forma de abrir a mente e criar visões místicas.

"É um processo de limpeza, são catarses emocionais que vêm à tona durante a vivência, porque através desse contato com a sua própria espiritualidade durante o efeito do chá, você começa a visitar lugares e gavetinhas que de repente não tem acesso ou talvez nem quisesse abrir", explicou o ator em entrevista para o "Sensacional", programa da Rede TV!.

Pierre Bittencourt
Pierre Bittencourt falou sobre relação com chá usado em rituais indígenas (Foto: Reprodução Instagram)

Riscos para quem toma

Conhecido como o Mosca na primeira versão de "Chiquititas", do SBT, Pierre Bittencourt ponderou as polêmicas em torno do consumo do chá, que é preparado geralmente com a mistura de duas ervas: o cipó mariri e as folhas de chacrona. A bebida é usada em rituais indígenas com objetivo de expansão da consciência.

"Se existe algum episódio negativo relacionado à ayahuasca, se for investigado a fundo, vai ver que a ayahuasca não tem responsabilidade em cima disso. A ayahuasca é só um chá, é um espírito, ela é um ser, mas é apenas um chá e não pode ser responsabilizada pelas suas atitudes", explicou.

Pierre Bittencourt
Pierre Bittencourt, o Mosca de 'Chiquititas', defendeu ayahuasca (Foto: Reprodução Instagram)

Benefícios oferecidos pela substância

Pierre Bittencourt relatou que evoluiu depois de conhecer o daime e defendeu os benefícios da mistura das duas ervas amazônicas para o autoconhecimento. "Parei de beber [álcool], de comer carne e de fumar. Então quando alguém fala mal da ayahuasca acho que é inadmissível, porque a gente está falando de uma medicina sagrada que está aqui para ajudar as pessoas a se curarem", declarou.

Ayahuasca: o que é

Embora a ayahuasca seja comparada com uma droga, o chá não recebe essa classificação, especialmente porque não causa efeitos tóxicos crônicos, vícios ou qualquer outro tipo de dependência. No Brasil, o consumo é autorizado pelo Conad (Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas) somente em cerimônias religiosas.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!