Assine

Por CARAS

EXCLUSIVO em CARAS: Erika Januza comemora sucesso de sua personagem na Ilha de Caras

Orgulhosa de seu trabalho, a atriz falou sobre o impacto da novela em sua vida

A atriz Erika Januza (33) está com tudo! E sabe disso. Após finalizar seu sucesso em O Outro Lado do Paraíso, da Globo, como a juíza Raquel, que venceu o preconceito e deu a volta por cima, ela, que estreou em 2012 na mesma emissora como protagonista da série Subúrbia, está colhendo os frutos de sua dedicação. Grata por tudo que tem acontecido, ela não imaginava a repercussão que Raquel lhe renderia.

“Me surpreendeu muito. No início, tive um pouco de receio de as pessoas terem preconceito. Recebia diversos questionamentos, por exemplo: ‘Ah, a negra é empregada de novo...’, ‘Por que não colocaram um par romântico negro também?’. Acompanho muito as redes sociais, as pessoas são bem ativas”, diz.

Consciente de que sua estreia em horário nobre lhe alçou a outro patamar profissional, Erika encara o novo momento com responsabilidade. Não apenas como referência de beleza, mas na luta contra o racismo e com a demonstração de que todos podem chegar onde quiserem, independente da cor da pele. “Se estou sendo vista neste lugar de exemplos, a causa é minha também. Me faz agir com devido cuidado por representar a mulher negra. Isso é legal, porque não tinha isso.”

Sem falsa modéstia, ela admite que adora ouvir elogios e que ser referência de beleza é uma honra, mas que, no entanto, seu foco vai muito além da aparência. “Meu objetivo de trabalho é dizerem que sou boa atriz, muito mais do que bonita. E é o que tenho ouvido em geral”, afirma.

Cheia de orgulho de sua trajetória, garante que não teve nada de mãos beijadas. “Vim de um caminho inverso, atípico. Mas mostro que não é fácil. Ninguém sabe a estrada que percorri para chegar até aqui. Me descobri como nunca tinha me descoberto antes e estou encantada.”

Mineira, brinca ao dizer que já é carioca de coração. “Sou muito do verde, me dei tão bem no Rio de Janeiro por isso, me sinto em casa. Você está engarrafada no trânsito, olha para o lado e tem uma montanha linda; olha para o outro, o mar. Tenho uma ligação forte com a natureza.”

E a relação pôde ser conferida durante sua visita à Ilha de CARAS. À vontade, Erika desfrutou de momentos relaxantes e não resistiu à tentação de experimentar sem culpa a gastronomia oferecida pela Ilha após semanas tensas de gravação com o fim da trama de Walcyr Carrasco (66).

“Cada vez que venho aqui é uma novidade. Adoro sentir esta natureza de perto. Sem contar com o cardápio servido, né? Comer é uma das minhas atividades preferidas. Não sou da dieta. Tento me alimentar razoavelmente bem, mas, se tiver de comer, como também. A sobremesa é minha tentação. Antes mesmo de terminar o prato, já fico pensando nos doces. Sou dessas, confesso”, entrega, gargalhando.

Com uma genética abençoada, há anos mantém os 57kg muito bem distribuídos em seus 1m66. “Nunca nem oscilei”, orgulha-se. Solteiríssima, a atriz diz que sua timidez é algo que a atrapalha na hora da conquista. “Sou meio quieta, gosto de paquerar, mas acho que sou tão envergonhada que travo. Mas, quando estou afim, demonstro interesse, vou, dou um jeito”, afirma.

Questionada sobre planos futuros agora que está de férias da TV, Erika faz mistério, mas deixa claro que o descanso não será longo e que, logo, logo, seus fãs a verão novamente na ativa.

Tags relacionadas: ILHA-DE-CARAS

Notícia publicada Ter, 15 mai 2018 as 12:05, por CARAS, 301751.