Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Xuxa já entra no ritmo de 2016: "Estou vivendo coisas novas"

Com sobrinhos em navio, estrela avalia o último ano e estabelece metas

Luciana Marques Publicado em 31/12/2015, às 08h59 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Xuxa 'canta no chuveiro' do navio MSCSplendida - Blad Meneghel
Xuxa 'canta no chuveiro' do navio MSCSplendida - Blad Meneghel

À vontade, de hobby, mas sem perder a elegância, Xuxa Meneghel (52) “solta a voz” no banheiro de sua suíte no imponente MSC Splendida. “Não costumo cantar no chuveiro. O que normalmente faço é rezar e, de vez em quando, rezo cantando”, conta. É com essa serenidade e o habitual bom humor que a apresentadora fez um balanço do último ano e aponta os desejos para 2016, após ensaio exclusivo para CARAS a bordo do mais moderno transatlântico a navegar no País. Dona de uma das mais emblemáticas trajetórias da TV brasileira, a estrela garante estar feliz na Record quase um ano após deixar a Globo. E ressalta a importância de se reinventar. “Tenho de aprender, fazer, viver muita coisa ainda. Deve ser chato chegar aos 30 anos de televisão e achar que sabe tudo.  Descobri que ainda não sei nada e acho isso bom, porque me dá vontade de buscar e fazer o melhor”, analisa ela, madrinha da frota de navios da MSC Cruzeiros, no Rio. Acompanhada dos sobrinhos Paloma (22) , Pedro (25) e Nikki (10), filhos do irmão Cirano, morto, aos 57 anos, de infarto, em setembro, Xuxa fala da comemoração, em dezembro, dos três anos de namoro com o ator e cantor Junno Andrade (52) e de como vê os novos voos da filha, Sasha (17), com Luciano Szafir (46), que, em 2016, conclui o ensino médio.

Está preparada para eventual decisão de Sasha de cursar faculdade fora?
– Tenho de estar. O que desejoé vê-la feliz!
Ela se tornou a jovem que você esperava?
– Sasha veio como desejei e mais um pouco. O jeito, o rosto, a personalidade, a índole, tudo o que sonhei. Ela só não é perfeita porque a perfeição é muito chata.
Como foi a celebração dos três anos de relação com Junno?
– ‘Junnando’ muito!
Como definiria esse período na sua vida ao lado dele?
– Estou sentindo e vivendo muitas coisas novas. Algumas simples, mas que não costumava sentir nem viver, como dormir de conchinha, passear de mãos dadas, ter planos para o futuro...
Sente-se realizada nesse quase um ano de emissora nova?
– Estou muito feliz na Record, principalmente porque escuto que o desejo deles é de me ver feliz. Com o tempo, nós estamos trilhando esse caminho para chegar a felicidade plena.
Segundo você, fazer programa ao vivo e noturno seria um aprendizado para você e o público. Como avalia o Xuxa Meneghel após quatro meses?
– Estamos começando a aprender, eu e minha produção. Infelizmente, demos uma parada agora, porque o RecNov passará por reformulações, mas nada que a gente não retome à frente. Acho que depois de 2016 vou avaliar
melhor como está o nosso ao vivo e o programa como um todo.
Pensa em mudança?
– Com certeza! Não só eu, direção, produção, agora a Casablanca. Vem coisa boa, muita interatividade. O programa está começando, não tem ainda cara, e isso nos dá um leque de opções, podemos seguir vários caminhos.
Quais suas metas pessoais e profissionais para 2016?
– Pretendo fazer um filme, lançar o XSPB 13, melhorar cada dia mais no programa, ajudar minha filha no que puder, tentar ficar ao máximo perto da minha mãe, viajar o Brasil inaugurando as franquias da Casa X e Espaçolaser... Tenho muitos planos como mãe, filha, empresária e apresentadora.
Como é ser madrinha de uma frota de navios?
– Um presente! Todos são carinhosos comigo e, além de ser empresa séria, é comprometida com causas sociais, outro ponto que tem tudo a ver com meu trabalho. As crianças da minha Fundação, quando vão ao navio, voltam com
histórias para a vida inteira.