Susana Werner desabafa sobre mudança do marido para o Brasil sem a família: "Homens são egoístas"

Julio Cesar decidiu deixar a mulher e os filhos em Portugal para jogar pelo Flamengo

CARAS Digital Publicado terça 30 janeiro, 2018

Julio Cesar decidiu deixar a mulher e os filhos em Portugal para jogar pelo Flamengo
Susana Werner, Julio Cesar, Cauet e Giulia - Instagram/Reprodução

Susana Werner quebrou o silêncio e fez um longo desabafo sobre a mudança do marido, Julio Cesar, para o Brasil.

O goleiro, que estava morando em Portugal com a mulher e os dois filhos -- Cauet, de 15 anos, e Giulia, de 12 anos -- resolveu retornar ao Rio de Janeiro nesta semana para atuar pelo Flamengo nos próximos três meses.

A decisão, segundo Susana, não foi tomada em conjunto com a família -- que continuará vivendo em Lisboa. "Antes que me perguntem e especulem, prefiro explicar. 'Por que você não veio, por que a família não está aqui, filhos não vieram, não assistiram os jogos de despedida?'. Tenho muitas coisas que me prendem aqui. As mais importantes são meus filhos. Jamais deixaria para viver no Brasil. Não vamos poder participar deste momento. Não posso sair daqui assim. Ele vai ficar aí por três meses. Nada tem a ver com time de futebol. Até porque não vejo futebol, nenhum time que ele jogou eu ia ao estádio. Não vejo futebol. Torço por vocês, flamenguistas, que vocês sejam felizes com ele. Que ele seja feliz na escolha. Acho que o que ele mais queria era ser feliz no Flamengo. Tem todo direito", disse a ex-atriz em sua conta no Instagram.

+ Susana Werner explica desabafo sobre Júlio César e revela: "Estou me sentindo péssima"

Susana revelou que não está feliz com a decisão tomada exclusivamente pelo marido de retornar ao futebol brasileiro e deixá-la sozinha com as crianças na Europa. "É isso. Estou longe, estou com meus filhos. Não estou acompanhando essa história e não vou conseguir acompanhar. Não vai dar e é isso aí. Só Deus sabe o que vai acontecer. Felicidades para os flamenguistas, tristeza para mim que estou longe. Ter de passar pelo que não queria, não esperava e não estou feliz de estar longe", desabafou.

A mulher do jogador contou que foi a última a saber da "notícia maravilhosa" no domingo, 28. "Espero que vocês entendam. Não sei o que falar. Isso é só uma tristeza. Não vou ficar falando o que estou sentindo e motivos para estar triste. Julio sempre foi pessoa maravilhosa, bom pai, bom marido. Mas homens são egoístas. Não sou feminista, mas é assim. Claro que a gente se ama, estava tudo maravilhoso. No sábado a gente estava jogando boliche. No domingo fui chamada para receber essa notícia. Maravilhosa. E qual era a notícia? Vou ali ser feliz e já volto", explicou.

A mãe de Cauet e Giulia contou que não houve conversa para decidir o futuro da família. "Tudo na vida precisa de planejamento, conversa, decisão a dois, mudanças. Sou a pessoa que mais apoia o Julio na vida. E não penso como torcedora. Penso como mulher, mãe e amiga. Mas entendo o lado de vocês [torcedores]. Claro que não [houve conversa sobre a decisão]. Soube depois", revelou.

Último acesso: 02 Dec 2020 - 00:32:02 (297459).

Leia também

TV CARAS