Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Viagem / Sonho

Gabi Lopes se emociona ao ver neve pela primeira vez

A atriz contou que sempre sonhou com esse momento

CARAS Publicado em 24/07/2018, às 18h12 - Atualizado em 25/07/2018, às 10h33

Gabi Lopes - Cadu Pilotto
Gabi Lopes - Cadu Pilotto

Foi com os olhos cheios de lágrimas que a atriz e digital influencer Gabi Lopes viu a neve pela primeira vez. Convidada da temporada CARAS/Neve 2018, ela subiu a estrada que circunda as montanhas do Valle Nevado, no Chile, com o celular nas mãos, pronta para registrar o momento e mostrar para o mundo que tinha realizado esse sonho. E as perguntas não terminavam. Gabi queria saber qual era a textura, como eram os flocos, se era díficil aprender a esquiar... “Foi muito incrível. Sensacional. Eu nunca tinha esquiado na minha vida e hoje já estou me achando a esquiadora profissional”, se diverte ela, que já esbanja desenvoltura no esporte.

A atriz chamou a atenção no resort, que teve a parceria da Avianca, empresa aérea oficial da temporada, com voos para a capital chilena. Ela, que já foi loira, morena, já teve mechas cor-de-rosa, trancinhas rastafári, cabelos longos e curtos, desta vez coloriu as montanhas com seu novo visual: ruivo. O tom foi para o último trabalho, o longa-metragem Maior Que o Mundo, com estreia prevista para 2019, em que Gabi interpreta uma jovem viciada em cocaína, mas parece que o novo look veio para ficar. “Eu adoro mudar, até porque meu trabalho exige isso. Só que eu gostei muito e quero continuar ruiva o máximo que eu puder, até onde der. Mas também, se tiver que mudar, eu mudo e depois volto para o ruivo, para o loiro”, brinca ela, que visitou clínicas para viciados e hospitais para entender o universo de sua personagem. “A ideia é que esse trabalho vá para diversos festivais, nacionais e internacionais”, aposta.

Além do filme, o primeiro que Gabi fez que aborda temáticas mais pesadas, como ela mesma define, a atriz se divide entre seu canal no YouTube e sua produtora, a Young Republic Films, que está completando dois anos de sucesso. “Tem vários projetos para os quais estamos captando recursos, e vamos lançar agora três curtas-metragens e um documentário que fala da superação do câncer e que é incrível”, anuncia ela, que costuma se cobrar muito profissionalmente e se preparou para assumir todas essas responsabilidades. “Fiz curso de produção executiva. Me formei agora. Gosto bastante de trabalhar com isso”, explica.

A vontade de ter a sua própria produtora foi inspirada na carreira da atriz israelense radicada nos EUA Natalie Portman e, ainda no primeiro ano, Gabi já faturou os prêmios de Melhor Atriz e de Melhor Filme no First Glance Festival, em Los Angeles, com o curta-metragem View. Apesar de se dividir entre os diferentes trabalhos, Gabi sempre encontra tempo para as suas causas sociais. Desde 2016, a atriz é embaixadora da ONU e realiza ações em instituições por todo o Brasil. Este ano, até a sua festa de aniversário se transformou em projeto filantrópico. “Sou muito festeira. Desde que eu nasci. Mas este ano, por exemplo, eu nem ia fazer festa porque eu gosto de fazer tudo, produzir tudo e dá muito trabalho, cansa um pouco. Só que não resisti e resolvi fazer com uma vibe social, em prol da fome”, contou ela, que arrecadou toneladas de alimentos para o selo da ONU Corrida Contra a Fome. “Esse foi o primeiro de vários eventos que vou fazer este ano para eles”, anuncia. Quando não está trabalhando, a vida de Gabi é bem simples. Ela gosta mesmo é de receber os amigos em sua casa, em São Paulo. E garante que se arrisca na cozinha com receitas que busca na internet. “Ninguém reclama, não”, brinca a atriz.