CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Viagem / É o amor!

Apaixonados, Wanessa e Dado Dolabella caem na estrada: ''Paraíso''

Em carro, Wanessa e Dado Dolabella surgem em clima de romance curtindo estrada para mais uma viagem juntos

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 13/03/2023, às 13h53

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Wanessa e Dado Dolabella curtem viagem de carro - Reprodução/Instagram
Wanessa e Dado Dolabella curtem viagem de carro - Reprodução/Instagram

O casal Wanessa e Dado Dolabella estão prestes a fazer mais uma viagem junto. Nesta segunda-feira, 13, a cantora compartilhou registros no carro ao lado do amado e contou estarem na estrada.

Radiante com um sorriso no rosto e com um ar de apaixonada, a filha de Zezé Di Camargo e Zilu Camargo gravou o momento descontraído no automóvel. "Antes do paraíso, parada em BSB", escreveu ela ao se mostrar feliz.

Ao posar com o rosto grudadinho com o namorado, Wanessa Camargo comentou que estão indo para mais um lugar juntos. "Partiu com ele", marcou o ator na publicação.

Em seguida, a artista ainda gravou o painel do carro ao som da música que estavam escutando e exibiu Dado todo contente pilotando o carro.

Recentemente, a cantora desabafou sobre o fim de seu casamento com o pai de seus filhos, o empresário Marcus Buaiz. Após 17 anos juntos, eles se separaram, a famosa comentou como foi o julgamento das pessoas e como é difícil a situação com os herdeiros.

Veja as fotos do momento de Wanessa e Dado Dolabella:

Wanessa e Dado Dolbaella viajando

Wanessa e Dado Dolbaella viajando

Wanessa e Dado Dolbaella viajando

Wanessa Camargo abre o coração ao falar sobre síndrome do pânico: "Tomou conta de mim"

Wanessa Camargo (40) abriu o coração ao falar sobre saúde mental durante participação no 'Encontro'. Ela sofre com síndrome do pânico e a pandemia de Covid-19 foi um momento difícil para a cantora.

"Eu fico muito feliz de falar, porque para mim um processo de cura também faz parte de eu abrir meu coração e dizer a verdade. Qualquer situação mental que a gente tem hoje na vida é tratada de uma forma muito preconceituosa e eu tenho um transtorno obsessivo compulsivo, que é o TOC, desde muito novinha. Com 20 anos eu tive pânico e eu tinha muita vergonha de dizer, ninguém soube na época. Eu tratei e ficou um pouco anestesiado. Quando começou a pandemia, acho que pela situação toda de muita loucura, mexeu muito com a minha cabeça. Eu peguei Covid quatro vezes, posso pedir música no Fantástico já. Todas as vezes eu achei que ia morrer e ia acontecer alguma coisa, fiquei com muito medo de deixar meus filhos", desabafou.

Em seguida, ela continuou a fazer um desabafo e contou que se sentiu melhor após conversar com pessoas que passaram pela mesma situação.

"O pânico voltou em 2020, tomou conta de mim a ponto de me paralisar de uma forma muito séria, inclusive para cuidar dos meus filhos. Quando eu me vi naquela situação eu pensei: Não, preciso cuidar disso aqui urgentemente. Fui fazer terapia, tratar da minha cabeça, do meu coração, da minha saúde. Nessa época eu resolvi falar porque uma das coisas que mais me ajudou nesse processo foi ouvir outras pessoas que também sofrem a crise de ansiedade ou síndrome do pânico e eu não me senti um peixe fora d'água, um et ou sozinha", comentou.