Zig Zag Arena: Elenco revela o que esperar do programa: ''Adultos se tornarem grandes crianças''

Fernanda Gentil e todo o elenco do Zig Zag Arena revelaram o que o público pode esperar do programa que promete divertir

Valentina Rosa Publicado sexta 1 outubro, 2021

Fernanda Gentil e todo o elenco do Zig Zag Arena revelaram o que o público pode esperar do programa que promete divertir
Zig Zag Arena: Elenco conta o que esperar do programa - TV Globo/João Cotta

No próximo domingo, 1, estreia nas telinhas da Globo o Zig Zag Arena, novo programa da Fernanda Gentil (34) que une brincadeiras de criança com competição e diversão, contando com um elenco de peso com Everaldo Marques (43), Hortência (62) e Marco Luque (47). 

Os quatro e o diretor do programa, Raoni Carneiro (39), se reuniram com a imprensa e bateram um papo super especial, contando um pouco dos bastidores, de onde veio a ideia do programa e como está a expectativa para a estreia de um projeto totalmente inédito no Brasil. 

O Zig Zag começou a ser idealizado lá em fevereiro, com a ideia de trazer brincadeiras infantis para as telas da TV: "Tudo nasce com a proposta de trazer brincadeiras de criança... Então como construir isso? No nosso processo criativo, eu e o Boninho senta para discutir como seria esse formato e juntos a gente começou a elaborar. Aí eu tive um momento de elaboração mais profunda, para descobrir o formato e a pergunta que eu me fazia era: 'quando eu era criança, como eu gostaria de brincar? E quais eram os tipos de brincadeira?' E eu lembro que a gente conversava bastante sobre o pega-pega, a gente queria fazer um grande pega-pega. E a gente foi descobrindo que, além do pega-pega, tem outras brincadeiras", disse Raoni. 

Ele ainda lembrou que se viu como criança e com isso teve a ideia de fazer uma arena grandiosa: "Reparando muito nas crianças, a gente vê que tudo fica grande, ela gosta de brincar com alguma coisa, ela já imagina que está dentro de um filme. E quando eu comecei a reparar nisso, imbuído desse pensamento de ser uma grande brincadeira, eu pensei: 'Talvez a gente tenha que fazer uma coisa grande, gigante!' Porque é assim que a gente vai se rever lá dentro.". 

O diretor seguiu contando o porquê da escolha temática do pinball, já que o cenário é todo baseado no videogame: "Buscando referência, eu vi uma imagem com vários pinballs e aí quando aquele apareceu eu falei: 'É isso!'. Porque o Pinball, cada caixinha daquela, é uma narrativa.  O pinbal tem uma característica oldschool, é um videogame vintage, uma brincadeira vintage, mas é muito rica sonoramente, muito rica visualmente... Quando eu comecei a pensar eu falei: 'Achei é isso! Vamos partir para o pinball gigante!'. "

Fernanda então entrou no papo: "O pulo do gato era transformar essa memoria afetiva, dessas brincadeiras da rua, o pique-pega, o policia e ladrão, mas transformar isso para o audiovisual que tem um sarrafo lá em cima. O que fazer de novo em uma televisão hoje em dia, no momento que a gente vive. Como impactar, como surpreender, como inovar. E a tecnologia entrou de sola  e com todo o mérito criou um negócio cheio de luz, fumaça, colorida…", disse ela, contando que a tecnologia será uma grande aliada deles, desde o palco cheio de luzes, até os coletes que os participantes usam no pega-pega. 

Para Raoni, a tecnologia aliada a simplicidade das brincadeiras, fez o programa ter o formato que todos poderão ver na telinha: "A gente foi evoluindo no formato do projeto até ontem, parece que é um formato inédito até no último dia de gravação. Mas os pilares foram construídos ao longo desse tempo. E aí entra uma coisa que a gente brinca que tem a mágica da Globo. A gente tem os líderes a fim e acreditando em uma ideia. A gente tem os grandes executivos acreditando nessa ideia. Tem um time disposto a construir isso junto!  A cada reunião vinha uma ideia, um questionamento novo. E a gente constrói ou uma regra nova, ou um ponto de atenção, ou algo novo para o projeto. O time de tecnologia, com toda a experiência de reality que eles tem, eles trouxeram uma estrutura que eu brinco que é PHD. Realizar isso em uma estrutura, com um time desses, com esse desempenho, com harmonia, integração, é fascinante. A gente está podendo criar algo inédito  desse tamanho como a gente acredita e gosta de fazer e trabalhar para isso."

É claro que o elenco não ia perder a oportunidade de brincar na arena. Para isso eles organizaram uma coisa que eles mesmos chamaram de 'pré-temporada' e que inclusive ajudou muito no desenvolvimento final do projeto: "Todos nós brincamos. A gente participou de todas as etapas! Foi muito divertido para sentir realmente na pele o que as pessoas iam viver. A gente não poderia entrar e ficar só narrando ou só comentando, ou só apresentando, ou só analisando. A gente tinha que brincar também, que é o mais legal e o principal. Foi muito divertido, um pouco arriscado porque a gente não sabia as regras ainda. A gente está louco para uma outra pre temporada, que é o momento que a gente pode brincar!", revelou Fernanda. 

E mesmo contando com tanta diversão, o programa não ia deixar de ter momentos emocionantes: "Foi  emocionante ver grandes adultos se tornarem grandes crianças. Era uma entrega, a galera correndo, brincando como se estivesse na rua. A gente teve grandes momentos. O Everaldo pôde exercitar essa narração nova desse ‘esporte’, que a gente estava brincando, com momentos muito emocionantes. A gente teve participantes surpreendentes e jogadas na brincadeira com a irreverência que a gente brincava na rua. Tinha umas sacadas que a gente via as pessoas se entregando no programa, isso é impagável.  O Everaldo via emoção, o Luque via outra coisa, a Hortência via outro ponto tático. Eu acho que essa química que a gente construiu na arena, conseguiu que o participante brincasse e isso foi muito emocionante! A gente pode brincar com esse formado, vendo ele ser emocionante para todo mundo! Além da emoção de ver esse projeto de pé, os participantes trouxeram muita emoção pra gente!", confessou Raoni. 

Além disso, todos eles contaram muito com o apoio da família. Com filhos pequenos, tanto Raoni, quanto Fernanda se divertiram com eles antes de entrar na arena. A loira inclusive confidenciou que Luisa (11), filha mais velha do diretor, ajudou a desenvolver os coletes e seus filhos, Gabriel (4) e Lucas (11), viam que algumas regras não funcionavam, sempre ajudando a estruturar tudo. 

Hortência não se aguentou e contou uma história divertida de seu filho: "Eu tenho um filho de 24 anos e quando eu comecei a ler tudo, entender como tudo funcionava, eu falei para ele. E a reação dele foi simples: ‘Eu quero participar, me coloca. Quero chamar meus amigos, que estar lá’. E eu falei que já estava tudo certo. Eles enlouqueceram. ", Luque concordou com a jogadora, e falou que suas herdeiras também ficaram loucas para entrar na brincadeira: "Minhas filhas também querem participar, elas querem vir!"

Por fim, eles contaram um pouco de como está sendo a expectativa para estrear esse novo trabalho: "As expectativas são as melhores possíveis! Eu só quero que o pessoal de casa se divirta e curta e receba uma boa dose de leveza e diversão, mas principalmente que adote, se apegue e  torça por algum time, algum personagem e tenha esse lado da identificação de quem está ali brincando", comentou Fernanda. 

Everaldo aproveitou para agradecer o convite e dizer que está honrado em poder realizar seu sonho de menino: "O meu sonho de ser narrador vem de criança, narrando as brincadeiras dos meus amigos! era esse sonho que eu vivia. Então nesse momento eu vivi aquele meme: ‘O inicio de um sonho/deu tudo certo’, eu estou aqui, fiz da carreira de narrador esportivo minha profissão. E ai eu volto para a minha infância, onde tudo começou para pagar a divida que eu não narrei lá."

"E, além disso, o desafio de começar de uma folha em branco. Tem esportes que eu nunca narrei, mas se amanhã eu tiver que narrar golfe ou karatê, já existem referencias. Aqui, eu parti do zero. Eu fui descobrindo ao longo da temporada e tenho certeza que terminei melhor do que comecei. E muito feliz com a oportunidade de colocar o ́pé no entretenimento, trazendo a  minha leveza das transmissões esportivas.", continuou. 

Já para Luque, é uma delícia entrar para esse elenco: "Que delícia estar nesse projeto. Que delicia receber esse convite! É um projeto  incrível. O pinball, eu gosto desse ambiente do game, e juntou brincadeira de criança com o pinball, com game, com basquete. A nossa relação foi sensacional! A gente se deu muito bem! Rolou uma amizade real! Só tenho grandes sensações e emoções, e uma expectativa muito grande, porque eu tenho certeza que esse projeto vai emplacar na telinha nos domingos de tarde!"

Hortência acredita que o programa vai divertir muito o público: "Quando eu entrei na arena, eu enlouqueci! Veio toda aquela imagem da minha infância que eu realmente brinquei! Vocês vão adorar, vocês vão amar! Porque, realmente, é muito divertido. Todo mundo pode brincar, pode chamar a família inteira para assistir… Vai ser muito bacana e tenho certeza que vai ser o maior sucesso!", finalizou ela. 

Último acesso: 06 Dec 2021 - 18:09:50 (401162).

Leia também

TV CARAS