Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Zezé Motta lembra racismo que marcou sua carreira na TV

Atriz lembra que romance com Marcos Paulo na TV não foi aceito pelo público. Na vida real ela já foi discriminada por namorar um homem branco

CARAS Digital Publicado em 24/03/2014, às 08h53 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Zezé Motta - TV Globo / Renato Rocha Miranda
Zezé Motta - TV Globo / Renato Rocha Miranda

A atriz Zezé Motta usou seu Facebook para fazer um desabafo sobre duas situações de preconceito que vivenciou. Uma delas, foi quando interpretou a personagem Sônia na novela Corpo a Corpo, em 1985, e fez par romântico com Marcos Paulo.

A personagem era uma garota negra de classe média, filha da personagem de Ruth de Souza, que se envolvia com um rapaz branco e rico. "Já trabalhei em mais de 20 novelas em pouco mais de 45 anos de carreira. Na TV, já contracenei com Ruth em “Corpo a Corpo”. Interpretei a filha dela numa trama que marcou minha carreira. Fazia uma jovem de classe média que tinha um romance com o personagem do saudoso Marcos Paulo. O relacionamento não foi bem recebido por parte do público. Teve gente que me dizia: ‘Eu mudo de canal quando você aparece ao lado do Marcos Paulo’. Outras pessoas falavam que não acreditavam na veracidade do casal", contou Zezé.

"Na vida real, tive um namorado branco, e a família dele aceitava. Mas foi só a gente decidir de se casar para começar uma confusão. A mãe dele foi parar no hospital e não teve casamento", escreveu a atriz, que há alguns dias foi recebida em Brasília pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, em sessão especial para lembrar o Dia Internacional contra a Discriminação Racial e o centenário de nascimento do ex-senador e militante do movimento contra a discriminação racial, Abdias do Nascimento. A ação também homenageou os 30 anos do Centro Brasileiro de Informação e Documentação do Artista Negro (CIDAN).