Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

The X Factor perde processo por demissão da cantora Cheryl Cole

Cheryl Cole venceu a produtora Blue Orbit, responsável pelo seu contrato no The X Factor USA. A cantora foi demitida após três semanas de trabalho, em 2011

CARAS Online Publicado em 28/11/2013, às 11h34 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cheryl Cole - GettyImages
Cheryl Cole - GettyImages

Demorou quase dois anos, mas finalmente saiu o resultado da disputa judicial entre a cantora Cheryl Cole com a produtora Blue Orbit, que a contratou para ser jurada da versão americana do The X Factor, em 2011, e a demitiu após três semanas de trabalho antes mesmo de o programa ir ao ar.

De acordo com o Daily Mail, não se sabe quantoCheryl Cole recebeu pela quebra de contrato. O pedido inicial da cantora era de £1,4 milhão.

Cheryl era uma das juradas mais queridas do público na versão britânica do The X Factor. Quando o produtor Simon Cowell foi levar o formato para os Estados Unidos, ele tirou a cantora do Reino Unido e a convenceu assinar um contrato para ser jurada na América. Porém, após três semanas de gravação, o produtor se arrependeu e achou que o público americano não iria entender o sotaque da ex-Girls Aloud.

Simon colocou Nicole Scherzinger no lugar de Cheryl, que rompeu relações com o produtor – na época, eles eram melhores amigos. A cantora exigiu no tribunal que a empresa Blue Orbit pagasse £1,25 milhão restante do seu contrato, mais indenização de £62 mil por gastos com figurino, £15 mil pelo estilista contratado, £9 mil pelo aluguel de onde ficou hospedada, entre outras despesas extras.

Cheryl falou sobre o episódio em sua biografia lançada recentemente. “Simon não teve nem a coragem de me ligar ou mandar uma mensagem me avisando do que ia acontecer. Eu fiquei furiosa... Eu acreditei que nós tínhamos uma boa amizade e que não consegui entender porque ele não tinha sido direto comigo”, escreveu a cantora, que disse ter enviado uma mensagem de texto para Simon com a seguinte declaração: “Eu te odeio. Eu entendo que você é um homem de negócios e o que aprendi com isso é que negócios significam mais para você do que nossa amizade”.

Atualmente, Cheryl e Simon voltaram a se falar. O produtor até teria tentado fazer a cantora voltar a ser jurada do The X Factor britânico no último ano, mas não conseguiu.