TV Polêmica

Whindersson Nunes rebate falso tweet e dispara: ''Querem me derrubar de todo jeito''

O youtuber foi alvo de supostas montagens após polêmicas envolvendo Júlio Cocielo

quarta 4 julho, 2018
Whindersson Nunes
Whindersson Nunes reprodução/instagram

Após antigos tweets racistas de Júlio Cocielo terem sido recuperados na web, outros youtubers começaram a ser alvo dos "caçadores de publicações". Whindersson Nunes foi um deles.

Com o maior canal do Brasil, ele alegou que uma das mensagens machistas que está rodando a internet não é de sua autoria. E deu razões para provar sua inocência. 

Mais Notícias

 

 

Além disso, ele resolveu abrir o jogo sobre seu passado na internet e disse não ter medo de que encontrem mensagens constrangedoras, pois ele já amadureceu o suficiente e também mudou alguns pensamentos, principalmente os homofóbicos. 

 

 

ACUSAÇÕES DE RACISMO

Júlio Cocielo acompanhou os primeiros jogos das oitavas de final da Copa do Mundo 2018 neste sábado, 30. 

Através das redes sociais, o youtuber comentou alguns lances da partida entre França e Argentina, que aconteceu no estádio de Kazan, mas foi muito criticado ao mencionar o jogador francês Kylian Mbappé em um de seus tweets. "Mbappé conseguiria fazer uns arrastões top na praia", escreveu ele.

Em poucos minutos, o comentário de Cocielo foi retuitado por dezenas de internautas, que o acusaram de racismo. "Alô, Twitter. Como vocês permitem que pessoas como o Cocielo tenham voz por aqui? Racismo pode?", questionou uma pessoa. "Júlio Cocielo foi racista, sim. Não adianta dizer que não foi a intenção", afirmou outra. "Se fosse o Antoine Griezmann ou o Cristiano Ronaldo seria: 'Corre para car*lho'. Mas como é o Mbappé é arrastão. Racismo velado é isso! Branco correndo é atleta, negro correndo é assalto", enfatizou um terceiro indivíduo.

Giovanna Ewbank veio a público mostrar sua indignação. 

"Odeio ter que postar coisas tão repugnantes e tristes como essa...mas é necessário!!! Ainda fico chocada como podem existir pensamentos como desse tipo de pessoa...isso não é uma brincadeira e nunca foi. Isso é racismo", reforçou ela ao compartilhar o texto escrito por Samara Felippo

As marcas que patrocinam ou possuem parceria com o jovem também se pronunciaram e disseram ser contra o tipo de pensamento e avisaram que tomariam as devidas atitudes. 

Karol Conka usou o Twitter na segunda-feira para tomar partido no caso de racismo que envolve o influencer digital Júlio Cocielo.

"Racista finge que se arrepende quando perde dinheiro ou status. No fundo continua odiando os negros e desejando a morte deles. É preocupante ver grandes marcas apoiando esse tipo de gente pensando somente em números. Esse país está uma m**da!", desabafou ela. Logo depois, a cantora e apresentadora retweetou uma matéria sobre marcas que haviam retirado seu patrocínio e escreveu: "Toma". 

por CARAS Digital
Atualizado quinta 5 julho, 2018 (303797) | 22/09/2018 21:48:35

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. Horóscopo semanal: Veja as revelações de Oscar Quiroga
  2. Xuxa Meneghel e Junno Andrade revelam intimidades
  3. EXPORT PELO MUNDO: Mais Las Vegas “Outdoor”
  4. Mariah Bernardes vive uma experiência única em Londres

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Felipe Latgé surge todo mudado e impressiona fãs
  2. 2 Família do ex-BBB Kaysar chega ao Brasil e leva fã à loucura
  3. 3 Simone compra sapatinho de bebê e deixa fãs curiosos
  4. 4 Neymar Jr. se emociona ao rever foto do passado pobre
  5. 5 Kiko, Leandro e Bruno se emocionam em Missa de 7º dia
  6. 6 Sérgio Guizé quebra silêncio sobre isolamento com Bianca Bin
  7. 7 Léo Stronda se exalta e dispara sobre Gabi Prado: 'Piranha'
  8. 8 Cleo divide quarto com Léo Santana e fãs apontam romance
  9. 9 Wesley Safadão dá presente de R$ 2 milhões para filho Dom
  10. 10 Na Itália, Bruna Marquezine aposta em look milionário