tv

Mariana Kupfer fala da filha, Victoria: "Me ensinou o que é o amor"

A apresentadora abre o lar e exalta seu melhor papel, o de mãe

Camila Suares Publicado sexta 14 julho, 2017

A apresentadora abre o lar e exalta seu melhor papel, o de mãe
Mariana Kupfer e sua princesa, Victoria, abrem lar paulistano e narram rotina - Martin Gurfein

No apartamento com cerca de 250m² em bairro nobre de SP, Mariana Kupfer (43) não esconde o quanto é apaixonada por sua filha, a pequena Victoria (7). “Ser mãe é o papel mais importante que eu poderia ter na vida. A maternidade é transformadora e faz de mim uma pessoa muito melhor. Tenho um coração batendo fora do peito”, diz a apresentadora.

Aos 34 anos, Mariana decidiu que queria ser mãe. “Estava em um relacionamento sério, mas a pessoa não queria ter filhos. Se não fosse rolar nessa relação, também não poderia ser em uma aventura. Sempre ouvi falar de inseminação e resolvi ir atrás, conversar com pessoas que fizeram e principalmente com médicos. Resolvi arriscar! Para mim, aconteceu muito rápido”, conta Mariana, que optou por banco de sêmen internacional e teve auxílio do médico Paulo Serafini.

Hoje, solteira, a bela não se arrepende. “Quando achei que ensinaria sobre a vida para alguém, Victoria veio e me ensinou o que é o amor. E o mais legal é que não é como aprender a dirigir, não vem com manual. É uma verdadeira surpresa!”, frisa. “Faço todos os papéis: mãe, pai e enfermeira. Desde bebê, não queria que alguém me contasse dos primeiros passos ou palavras. Ainda bem que pude estar junto”, completa a mãe coruja, que dedicou- se exclusivamente à maternidade durante quatro anos.

Quando o assunto é carreira, Mariana tem muita história para contar. “Já tive momentos gloriosos na televisão e na minha carreira no geral, mas nunca estive tão madura e preparada. Um dia nós estamos no céu, empregados, ganhando bem, e do nada tudo muda. Temos de ser fortes para enfrentar as mudanças da vida. Perdi meu pai muito nova e sempre corri atrás do que eu quis. Dizem que tenho sangue nos olhos. Sou muito focada, determinada, estudiosa e curiosa”, confessa ela.

À frente do programa on-line AMAR, sobre maternidade e amor, a apresentadora afirma estar completa. “Sou fã das voltas que a vida dá. Não poderia estar mais feliz!”, diz. Karina Bacchi (40), que também recorreu a doador internacional, Vera Viel (41), Adriane Galisteu (44) e Eliana (43) são algumas das personalidades que já foram entrevistadas por Mariana. “Como somos muito amigas, as meninas acabam fazendo confissões inéditas para mim”, brinca.

Apaixonada por moda, Mari, que vem de família com faro para empreendimentos de sucesso em roupas infantis, acaba de lançar uma coleção de balé inspirada na filha. Além disso, gravou Looking for Love, à disposição em plataformas digitais, projetos na web e um livro falando sobre o processo de inseminação. “Ser mãe é um sentimento único e surreal. Quero continuar inspirando as mulheres”, diz.

Último acesso: 04 Aug 2020 - 14:58:11 (290686).