Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / Emoção

Vanessa Giácomo vai às lágrimas ao relembrar da mãe, que faleceu há cinco anos

Atriz relembrou sua trajetória na TV durante o 'Vídeo Show'

CARAS Digital Publicado em 22/08/2018, às 09h18 - Atualizado às 09h55

Vanessa Giácomo - Reprodução TV Globo
Vanessa Giácomo - Reprodução TV Globo

Vanessa Giácomo participou na tarde desta terça-feira, 21, do quadro Meu Vídeo é um Show e comentou sobre sua trajetória na TV. A atriz estreou em 2004, na novela Cabocla, e, de lá pra cá, emplacou vários sucessos.  

Durante a atração, a morena se emocionou ao relembrar o apoio que recebeu da mãe quando decidiu se mudar para o Rio de Janeiro para ser atriz. "Minha mãe era fod*", afirmou ela. 

Ivonete Mendes da Silva Lima faleceu há cinco anos, em decorrência de um câncer. “Parecia que eu sentia que precisava ficar perto, aproveitando o máximo que eu pudesse", revelou a global, com lágrimas nos olhos. 

De férias desde o fim de Pega Pega, Vanessa voltará ao trabalho em O Sétimo Guardião, próxima trama das 21h, escrita por Aguinaldo Silva, que irá substituir Segundo Sol na programação.

LUÍSA SONZA É CONVIDADA POR AGUINALDO SILVA PARA GRAVAR SUA 1ª MÚSICA EM UMA NOVELA

Luísa Sonza foi convidada por Aguinaldopara cantar uma música em O Sétimo Guardião.

A canção, composta pelo próprio autor, será do personagem Bebeto, interpretado pelo ator Eduardo Speroni. Na trama, seu pai, Nicolau, vivido por Marcelo Serrado, quer que o filho seja jogador de futebol, mas Bebeto prefere praticar street dance escondido da família.

Com produção de Pitter Corrêa, o mesmo de Que Tiro foi Esse?, de Jojô Toddynho, a música ganhará um clipe, com participação de Speroni, sem previsão de lançamento.

"Eu nem sei o que dizer. Aguinaldo, obrigada pela confiança! Até agora não acredito que fui convidada por você para cantar e interpretar uma música sua em sua própria novela. Gratidão! Esse é só o começo", afirmou a esposa do humorista Whindersson Nunes.