Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos, assume apresentação do 'Bom Dia & Cia'

"Vocês devem estar se perguntando: 'O que ela está fazendo aí?' As crianças estão proibidas de apresentar o programa por um motivo judicial", disse a diretora-apresentadora

CARAS Digital Publicado em 15/07/2015, às 09h07 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Silvia Abravanel - Instagram/Reprodução
Silvia Abravanel - Instagram/Reprodução

Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos e diretora do Bom Dia & Cia, assumiu temporariamente a apresentação do programa infantil no SBT nesta quarta-feira, 15.

A justiça determinou que os apresentadores mirins Matheus Ueta e Ana Julia não poderão apresentar o programa diário na emissora. "Meus amores, boa noite. Tenho uma notícia para dar pra vocês. Amanhã [quarta-feira], quem estará apresentando o Bom Dia & Cia sou eu, devido a um impedimento da justiça com nossos pequeninos Mateus e Anna Julia. Mas tenho certeza que logo essa situação se resolverá e eles estarão de volta. Que os anjos estejam comigo e, claro, vocês também. Até amanhã às 9:00! Beijos", escreveu a diretora em sua página no Instagram.

Já durante a apresentação do infantil, após a exibição de um desenho e antes de um game com um telespectador por telefone, Silvia falou sobre o fato de estar à frente da atração matinal. "Vocês devem estar se perguntando: 'O que ela está fazendo aí?' As crianças estão proibidas temporariamente de apresentar o programa por um motivo judicial. Mas tenho certeza que logo eles estarão aqui de novo para fazer a alegria de vocês. Me ajudem aqui, me deem audiência", pediu Silvia antes de conversar com um telespectador ao vivo.

Ela ainda disse em suas redes sociais estar travando uma "luta contra a censura do trabalho artístico infantil".

No começo desta semana, Flavio Bretas Soares -- juiz da Infância e Juventude do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região --, proibiu a participação de dois atores mirins, Matheus Braga, 13, e Kalebe Figueiredo, 10, no espetáculo Memórias de um Gigolô no teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. O juiz argumentou que o texto da peça tinha linguagem inadequada para menores -- e que isso poderia prejudicar o desenvolvimento psíquico dos jovens.

Agora no Bom Dia & Cia ????

Uma foto publicada por ???????????? (@silviaabravanel) em