Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Samuel demite Renato e rebate falsas acusações do vilão: 'Verme'

Revoltado com a demissão, Renato acusa Samuel de assédio sexual

CARAS digital Publicado em 01/04/2018, às 10h12 - Atualizado em 09/12/2019, às 10h42

Maldade de Renato assusta em O Outro Lado do Paraíso - Reprodução/ TV Globo
Maldade de Renato assusta em O Outro Lado do Paraíso - Reprodução/ TV Globo

Samuel (Eriberto Leão) cansou de dar segundas chances para o vilão Renato(Rafael Cardoso). Samuel demitirá Renato do hospital, e revoltado, o traíra acusará o médico de assédio sexual. Indignado com a acusação, Samuel humilha Renato e afirma 'Nunca cantaria um verme como você'.

Segundo o Notícias da TV, Renato ficará tão distraído pensando em maneiras de se vingar de Clara (Bianca Bin), que acabará deixando trabalhos pela metade no hospital. Muitos médicos começam a perceber a distância dele. Principalmente quando, por raiva, libera Beth (Glória Pires) antes do necessário após passar pela cirurgia de transplante, que fará para a filha Adriana.

Samuel comentará com Laura "Eu fui informado que o pós-operatório estava muito ruim. Não se dá alta nesse tipo de caso, mesmo que a família peça. Vai totalmente contra a ética médica".

Em conversa com Aguiar, médico de Adriana responsável pelo transplante de Beth, e Renato, Samuel questionará as ações que aconteceram envolvendo a paciente "Como diretor do hospital, estou surpreso por ela ter tido alta no pós-operatório" dirá ele. "Eu jamais daria alta nesse caso. O doutor Renato, usando a autoridade de subdiretor, assinou a alta", defenderá Aguiar. 

"A Clara me pediu, insistiu. Nós não costumamos manter pacientes aqui muito tempo. É praxe do hospital", justificará Renato. "A paciente corria risco de vida! Ou estou errado? Espero que tenha feito uma boa avaliação da Elizabeth",questionará Samuel. 

"Nem fui olhar", admitirá o médico. "Eu quero que a Clara se dane. E a mãe dela também", dispara.

Com isso, Samuel, Diretor do hospital perderá a paciência e demitirá o até então colega de trabalho "Eu quero que você se dane, doutor Renato. Seu trabalho anda péssimo de uns tempos para cá, tira licenças, falta. Eu estava disposto a esperar essa fase passar. Mas não. Agora dá alta para uma paciente em risco. Está demitido".

Revoltado, Renato acusará o patrão de assédio sexual, mas acabará humilhado por Samuel "Não aceito a demissão. Sou subdiretor do hospital. Tá demitindo porque é gay. Eu sei que sou gostoso. E não cedi às tuas cantadas", dirá. 

"Eu nunca cantaria um verme como você. Está se aproveitando do fato de eu ser gay para me acusar. É o que homens do seu tipo fazem, quando acuados. Em vez de enfrentar a situação, em vez de aceitarem o erro, inventam uma história que nunca existiu", afirmará.

Os capítulos estão previstos para serem exibidos a partir do dia 20 de abril.

A VINGANÇA DE CLARA

Após 10 anos internada em um hospício, Clara herda a fortuna de uma forte aliada que conquistou durante seu tempo no manicômio: Beatriz (Nathalia Timberg). A mocinha volta para Palmas com o intuito de recuperar seu filho e se vingar daqueles que ajudaram Sophia (Marieta Severo). Fundamentais para o plano da malvada, seus cúmplices também entraram na lista da vingativa.                                   

O primeiro alvo foi o psiquiatra, que a mando da megera escreveu o laudo usado para interná-la. Clara revelou para todos o caso secreto entre o médico Samuel (Eriberto Leão) e o motorista Cido (Rafael Zulu). Casado com uma enfermeira, o médico ficou completamente desmoralizado na cidade após a revelação.        

O segundo foi Vinícius (Flávio Tolezani), o delegado da cidade, que encobria as denúncias dos ataques agressivos de Gael contra Clara. Dessa vez a jornada da moça também trouxe justiça para a enteada do policial, que era molestada por ele quando criança. Levado ao tribunal o pedófilo foi condenado e mais tarde assassinado na cadeia.  O juiz Gustavo ( Luis Melo) se aliou a Sophia, separou a mocinha de seu recém-nascido e decretou sua interdição. O que ele não esperava é que ela descobrisse que na verdade o juiz era sócio do bordel da cidade e também traía sua esposa com as funcionárias do lugar.

Clara contou com a ajuda de Renato (Rafael Cardoso), mas prestes a se casar com o médico ela descobriu que ele também estava envolvido na trama para conseguir as esmeraldas. A vingadora o desmascarou em pleno altar

Desde o retorno triunfal da mocinha, Sophia e sua família já começaram a sentir o peso da vingança de Clara, e a malvada terminou passando um tempo presa e multada por trabalho escravo nas minas de esmeraldas. O ex- marido também não passou impune. Durante um encontro armado pela protagonista, Gael (Sérgio Guizé) tentou agredir e agarrar Clara, mas ela escapou e conseguiu provar que ele era um perigo em liberdade. O filho de Sophia terminou preso, mas, agora, em busca de redenção, ele tenta ajudá-la a fazer justiça.