Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / FALOU TUDO!

Samara Felippo faz reflexão sobre representatividade e encanta web

Samara Felippo encanta internautas ao fazer reflexão necessária sobre representatividade negra

CARAS Digital Publicado em 11/03/2021, às 18h14 - Atualizado às 18h32

Samara Felippo faz reflexão sobre representatividade - Reprodução/Instagram
Samara Felippo faz reflexão sobre representatividade - Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, 11, Samara Felippo usou suas redes sociais para fazer uma reflexão bastante necessária sobre representatividade negra. 

"Você lê histórias com protagonismo preto pros seus filhos? Vê filmes e séries? Já conversou sobre racismo com eles? Compartilha conhecimentos da história do Brasil, que sempre foi contada de forma errada na escola? (Hoje em dia acredito que ALGUMAS escolas avançaram nisso). Corrige expressões racistas que você se vê reproduzindo na frente deles ou de outras pessoas?", começou na legenda da postagem. 

E prosseguiu: "Dá brinquedos representativos de presente? Compra de empreendedorismo e mulheres pretas? Segue igs de notícias e ativismo preto? Sabia que existe o feminismo negro? E é a luta antiga e diária das mulheres pretas que além de machismo e misoginia, precisam enfrentar o racismo estrutural. Conhece autoras, escritoras, diretoras e intelectuais negras? Existem muuuuuitas!", afirmou.  

"Na minha aba de destaques aqui no meu perfil, tem uma gama de livros pra você ler junto com seus pequenos! Fiz o Muito Além de Cachos que também é um canal no YouTube que ta um pouco devagar, mas tem muita coisa linda sobre cuidados com o cabelos crespos e cacheados. Enfim... to estudando, aprendendo e tentando fazer a minha parte daqui. E você só postou tela preta e 'black lives matter' quando George Floyd morreu ou sabe que a luta não começou e muito menos acabou ali?", declarou. 

Por fim, completou: "Na foto comigo: “Amoras” de Emicida. “O pequeno príncipe preto” de Rodrigo França. “O caderno de rimas do João” de Lázaro Ramos. Minhas “netas” são presentes que dei pras minhas filhas", concluiu. 

Confira abaixo:

Reprodução/Instagram