tv

Samantha Schmütz conta que nunca teve vontade de ficar com mulher

Atriz revela que assédio do público feminino cresceu quando interpretava Juninho Play no Zorra Total

CARAS Digital Publicado terça 22 maio, 2018

Atriz revela que assédio do público feminino cresceu quando interpretava Juninho Play no Zorra Total
Personagem de Samantha Schmütz fez público pensar que ela gostava de mulheres - Instagram/Reprodução

Em entrevista ao canal Tô Contigo!, Samantha Schmütz revelou que o sucesso do personagem Juninho Play, que interpretou no Zorra Total de 2007 a 2012, fez crescer o assédio por parte do público feminino. “Embora já tenha sido paquerada por mulheres, principalmente depois do Juninho Play, nunca fiquei com uma”, contou.  

“Algumas acham que eu gosto, mas nunca senti atração (por mulher), nunca tive vontade. Se um dia tiver, talvez eu fique. Mas provavelmente não, sou muito bem casada. A essa altura da vida vou mudar o cardápio?”, brinca. Além disso, segundo Samantha, o malandro carioca com autoestima nas alturas perdeu a vez para a periguete do Vai que Cola no imaginário do público. “O Juninho não me compromete mais porque agora veio a Jéssica”, afirmou.

Ainda na entrevista, a estrela revelou que seu pai se passava pelo cantor Roberto Carlos quando ela tinha por volta de três anos de idade. “Ele ligava para mim, fingia que era o Rei e falava: ´Samantha, o Roberto Carlos vai te ligar, vamos ensaiar o que você falará para ele, pois não pode dizer qualquer coisa no telefone´. A gente ensaiava e ele gravava. Aí eu cantava ‘eu sou aquele amante à moda antiga...´”, cantarolou a atriz.

Samantha ainda vez revelações sobre suas manias: “Eu falo sozinha. Na verdade, não falo sozinha, falo comigo. Tenho uma teoria: eu falo com todo mundo, não vou falar comigo? Às vezes, você tem conselhos para se dar”, disse em tom de brincadeira.


Gretchen e família viram quadros! Dê o play e veja como ficou:

Último acesso: 20 Jan 2021 - 08:34:32 (302005).

Leia também