Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Sabrina Sato e Duda Nagle: amor verdadeiro

A estrela abre a cobertura e fala dos planos ao lado do ator

Adriana Trujillo Publicado em 12/06/2017, às 07h53 - Atualizado em 06/08/2018, às 15h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sabrina Sato e Duda Nagle - Martin Gurfein
Sabrina Sato e Duda Nagle - Martin Gurfein

O amor de Sabrina Sato (36) e Duda Nagle (34) é tão intenso que nem parece que o casal namora há pouco mais de 1 ano. “Desde o começo é assim. Foi tudo muito rápido e foi ficando cada vez mais sério”, comenta Duda. “Nosso namoro teve muita maturidade desde o começo”, diz ela. Embora seja sonhadora assumida, a estrela da Record TV elege o ator como o mais romântico da relação. “Ele trouxe leveza para a minha vida, faz coisas para me agradar, além de cuidar de mim”, conta a apresentadora.

O casal, que mora junto em uma cobertura, na zona oeste de São Paulo, planeja casar e ter muitos filhos, mas sem pressa. “Está tão gostoso namorar. Acho que serei mãe antes de casar”, ressalta ela, que confessa ter medo de não dar conta do recado. “Me cobro muito em tudo. Sei que quando for mãe vou querer ser só mãe e minha cabeça vai mudar”, considera. “Já disse para ela que quero quatro filhos”, emenda Duda, que acaba de sair da Malhação: Pro Dia Nascer Feliz, e se prepara para a série Rio Heroes, da Fox Premium.

– Quando perceberam que a história de vocês era pra valer?

Duda – Foi uma coisa gradual. Não imagino minha vida sem ela.

Sabrina – Me entreguei para valer desde o início, pois fui sentindo que a gente era parecido em muitas coisas. A gente é parecido, mas também somos diferentes. Ele é caseiro, já eu quero sair todo dia. Quero jantar, ver gente. Mas respeitamos as nossas vontades. É importante essa individualidade.

– Este será o segundo dia dos namorados. O que planejam?

Sabrina – Amo essas datas que ajudam a dar uma apimentada na relação. Vamos comemorar um dia antes, pois gravo o programa na segunda, dia 12. Adoro dar presente. Ele gosta de eletrônicos, tecnologia... mas acho pouco romântico esse tipo de presente. O bacana mesmo é dar uma experiência, como uma viagem ou saltar de paraquedas... Escrevo cartinhas também.

Duda – Gosto de estar junto no dia a dia. Dou muito valor para a convivência, acordar junto. Não sou muito apegado a coisas mais formais. É muito difícil dar presente para ela, mas ela valoriza demais tudo o que dou.

– O que gostam de fazer quando estão juntos?

Sabrina – O que a gente mais faz é cozinhar tomando um vinho, namorando e também gostamos de assistir a várias séries. Demoramos um tempão para decidir qual assistir. Ele gosta de filmes de ação e comédia e eu, de romance, drama.

Duda – Gostamos muito de estar juntos. Faço panquecas doces, grelhados e ela tempera a salada. 

– E o casamento?

Sabrina – Estamos deixando acontecer. Não entramos em um consenso até agora. Ele quer um casamento para 200 pessoas, eu quero para 1 000. Não dá para casar escondido. Conheço muita gente e minha vida é um livro aberto. Nossas mães conversaram sobre isso e nós não paramos para falar sobre. Na verdade, nunca fui uma menina que sonhava casar. Sonhava trabalhar na TV, ter um programa meu, viver um grande amor e encontrar o homem da minha vida. Nesses quesitos, estou realizada.

– Como estão os planos para ter filhos?

Sabrina – Na minha vida, tudo sempre foi muito espontâneo. Por mais que eu tivesse sonhos, nunca planejei nada. Foi tudo acontecendo. Acho que é por isso que ainda não me casei, porque tem de planejar. Filho é Deus quem vai decidir. Achava que com a minha idade eu já teria pelo menos três filhos, como foi com minha mãe. Quero muito ser mãe, mas vou deixar acontecer naturalmente. Ainda não estamos tentando. Tenho um pouco de medo porque quero ser uma mãe como a minha foi para mim. Admiro as mulheres que conseguem dar conta de tudo. Minhas amigas estão fazendo campanha para eu engravidar.

– O que vocês representam um para o outro?

Sabrina – Duda faz minha vida ficar mais leve. Parece que estou vivendo um filme de amor, um romance. Ele representa o lado bom da vida, me entende e se preocupa. É calmo, mais amoroso. Eu já sou pilhada, agitada. Me enxergo velhinha ao lado dele. Mas uma velhinha ativa!

Duda – Sonhava escolher uma pessoa que fosse a minha mulher para sempre. Ela é muito importante para mim. Nós temos uma parceria muito legal para a vida. E também admiro muito a postura dela em relação ao trabalho.

Veja os bastidores do ensaio que Sabrina e Duda fizeram para a Caras: