Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

"Eu amo as mulheres, mas não pra cama", diz Rogéria

Rogéria será a convidada do quadro 'Elas Querem Saber' neste sábado, 6

CARAS Digital Publicado em 05/12/2014, às 11h09 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rogéria no Programa Raul Gil, no SBT - Rodrigo Belentani/SBT
Rogéria no Programa Raul Gil, no SBT - Rodrigo Belentani/SBT

Rogéria será a convidada do quadro Elas Querem Saber, do Programa Raul Gil deste sábado, 6, no SBT.

Durante a conversa com Thammy Miranda, Val Marchiori, Dani Bolina e Penélope Nova, Rogéria falou sobre sua sexualidade. "Eu não sou transexual, eu sou homem. Me visto de mulher porque pareço, nunca quis ser mulher na vida", disse.

Rogéria revelou que já teve encontros com mulheres e que aprovou, mas não na cama. "Já saí com mulher e foi bom pra mim. Eu amo as mulheres, mas não pra cama", contou.

Ela também falou sobre a identidade de Astolfo Barroso Pinto -- seu verdadeiro nome -- na construção da personagem Rogéria. "O Astolfo inventou a Rogéria. Ele é a base da Rogéria. Com oito anos, eu já fazia a Cleópatra. Comecei a me vestir de mulher em Paris", afirmou.

Questionada se teve apoio familiar em sua transformação, Rogéria destacou a importância de sua mãe. "Minha mãe foi quem mais me apoiou, pois tive a maior mãe do mundo. É na alma que a gente tem que guardar o amor", disse.

Rogéria falou ainda sobre seus papeis na TV e a questão da idade. "No Brasil, eu sou o único transformista atriz/ator que fez o papel de mãe e avó em uma novela. Eu quero envelhecer com dignidade", completou.