tv Tenso!

Repórter da Record TV se pronuncia após acusações de assédio feitas por 12 mulheres

Jornalista teve seu nome relacionado a atitudes imorais no RH da emissora

CARAS Digital Publicado quinta 23 maio, 2019

Jornalista teve seu nome relacionado a atitudes imorais no RH da emissora
Jornalista foi acusado por 12 mulheres no RH da emissora - Reprodução/Record TV


Uma grande polêmica veio à tona na Record TV! Gérson de Souza, um dos repórteres mais experientes da emissora, teve seu nome relacionado a acusações de assédio por cerca de 12 mulheres, grande parte delas, colegas de redação do Domingo Espetacular, atração a qual o jornalista está atuando recentemente.

Segundo o portal Notícias da TV, só nesta quinta-feira, 23, foram oficializadas sete denúncias contra Gérson. Além dessas, mais cinco foram ao departamento de Recursos Humanos da empresa para se queixar do mesmo. Das doze, duas chegaram a registrar um Boletim de Ocorrência por assédio sexual e difamação.

Procurado pelo profissional Daniel Castro, Souza afirma que as acusações são errôneas e que tudo não passa de uma atitude de revanche por parte das denunciantes. Ao afirmar que não assediou ninguém, o repórter disse que algumas profissionais ficaram ofendidas com reclamações feitas por ele da qualidade de trabalho apresentado.

"Eu reclamei com a chefia da qualidade das pautas dela, era roteiro que não tinha o nome do entrevistado, que não tinha informações. Estou vendo isso como revanchismo. Tenho certeza de que ela está reagindo a uma observação que fiz sobre a qualidade do serviço dela", disse ele.

Por mais que ele sustente a ideia de que tudo não passou de um mal-entendido, a emissora afirmou que está em um processo de apuração de todos os acontecimentos que vieram à tona. Além de orientar as vítimas a procurar a justiça, a emissora não deu detalhes de nomes e números.

O Notícias da TV ainda chegou a ter contato com uma das vítimas, que pediu sigilo de seu nome, contou que passou por momentos constrangedores na última semana e contou detalhes da atitude do jornalista.

"Ele chegou por trás e me beijou na boca. Ficou mostrando a língua e saiu dizendo que roubado era mais gostoso. Foi nojento", afirma a fonte.

 A jornalista ainda contou que as abordagens inconvenientes já acontecem faz alguns anos, porém, após algumas atitudes difamatórias dele contra ela, resolveu tomar a atitude que culminou em toda esta polêmica.

"Ele começou a gritar na Redação que eu era incompetente, que meu trabalho é uma bosta", pontua a jornalista.

Último acesso: 29 May 2020 - 20:23:05 (320402).